Home > Notícias

Site ‘trocajogo’ chega para facilitar a troca de games na rede

Página reúne usuários das plataformas PlayStation 3, Xbox 360 e Wii, cujos jogos possuem preço mínimo de 100 reais.

Redação PC World

05/08/2010 às 18h52

Foto:

Com a intenção de ser uma alternativa aos altos preços do mercado brasileiro o site “trocajogo” chega para propor exatamente o que diz seu nome: estimular a troca de games entre jogadores de todo País. Lançado há cerca de um mês, o site afirma ter mais de mil jogadores cadastrados, usuários das plataformas PlayStation 3, Xbox 360 e Wii.

Segundo o “trocajogo”, para utilizar o serviço a pessoa precisa se inscrever no site e indicar quais jogos gostaria de trocar, e em quais possui interesse, além de indicar qual seu nível de interesse no jogo pretendido, que vai “desde o mais desprendido até o que considera o jogo muito valioso”. A partir disso, a página faz a leitura das preferências e sugere trocas entre os usuários.

"A troca de jogos de videogame é uma prática já difundida em fóruns e comunidades de redes virtuais. O trocajogo chega para ajudar os usuários dessas diversas redes a se encontrarem e gerenciarem suas trocas, de maneira prática e amigável", afirma Flávio Banyai, diretor de inovação da empresa responsável pelo projeto, a Astéria.

Após o contato inicial, com a sugestão de troca, o usuário pode enviar uma mensagem ao interessado e realizar uma proposta pelo site. Após tudo acordado e a troca feita, os usuários podem se avaliar de forma positiva ou negativa, prática comum em sites de leilão, por exemplo.

No comunicado à imprensa, o “trocajogo” ressalta que até a realização da proposta os dados cadastrais dos usuários são mantidos em sigilo, com exceção do primeiro nome e cidade em que mora. O site, que afirma também ser uma forma de combate a pirataria, ao propor uma alternativa gratuita ao alto custo de um jogo original. Vale lembrar que, das três plataformas de games utilizadas no site, apenas o PS3 não permite o “destravamento” para utilização de jogos piratas.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail