Home > Notícias

Smartphones: Nokia lidera venda mundial no primeiro trimestre

Empresa fica com 45,2% do mercado contra 13% da RIM, fabricante do BlackBerry. Apple fica em 3º lugar, com 5% de participação.

ComputerWorld/EUA

09/06/2008 às 12h03

Foto:

Embora a atenção do mercado de smartphones nos Estados Unidos esteja na nova geração do iPhone, que deve ser anunciada pela Apple nesta segunda-feira (09/06), a líder global na venda de smartphones ainda é a Nokia, disse a empresa de análise Gartner em relatório divulgado na última sexta-feira.

A Nokia ficou com 45,2% do mercado mundial no primeiro trimestre deste ano, seguida pela Research in Motion, fabricante do BlackBerry, com 13%. O iPhone da Apple (primeira geração) ficou em terceiro lugar, com 5% do mercado.

Nos Estados Unidos, a RIM ficou em primeiro lugar, com 42% de participação no primeiro trimestre, enquanto a Apple foi a segunda colocada, com 20% do mercado, de acordo com o Gartner. A empresa de pesquisa IDC relatou resultados similares, posicionando a RIM com 44% de participação nos Estados Unidos e a Apple com 19%.

O Gartner observou que a participação da RIM no mercado cresceu 13,4% este ano, contra 8,3% no mesmo período do ano passado. O iPhone não era vendido até junho de 2007. A Nokia diminuiu um pouco sua fatia no mercado, de 46,7% no primeiro trimestre do ano passado para 45,2% neste ano - ainda que o número total de unidades vendidas tenha subido de 11,6 milhões, no primeiro trimestre de 2007, para 14,5 milhões no primeiro trimestre de 2008.

Mundialmente, o crescimento total na venda de smartphones foi de 29%, representando 11% de todos os aparelhos móveis vendidos. As vendas no primeiro trimestre totalizaram 32,2 milhões de unidades, segundo o Gartner.

Na Europa, Oriente Médio e África o crescimento foi de 38,7% no primeiro trimestre, comparado ao mesmo período do ano passado, com 11,7 milhões de unidades. Em comparação, a venda de smartphones na América do Norte foi 106% maior no primeiro trimestre em comparação ao mesmo período do ano passado, com um total de 7,3 milhões de unidades vendidas.
++++
O crescimento dos smartphones foi puxado por consumidores repondo seus aparelhos antigos, mas também por novos aparelhos com toutchscreen e uma variedade de novas funções, diz a análise do Gartner. É esperada uma continuidade no avanço no segmento de smartphones na medida em que forem sendo anunciados aparelhos com plataforma aberta, como os baseados no Android.

Apesar da desaceleração econômica, o mercado do smartphone continuou crescendo nos Estados Unidos, conduzido pelos aparelhos de custo menor e propaganda pesada, disse o analista do Gartner, Hugues De La Vergne. Operadoras sem fio dos Estados Unidos e Canadá também estão voltando suas atenções aos smartphones, uma vez que eles podem gerar receita maior por usuário do que os aparelhos tradicionais.

Em quarto lugar mundial nas vendas de smartphone houve um empate entre Sharp e Fugitsu, cada uma com 4,1%. Todos os outros fabricantes de smartphones tiveram juntos aproximadamente 28% do mercado, mas o Gartner não citou especificamente quais foram os aparelhos.

A Microsoft, fabricante do sistema operacional Windows Mobile, afirma que seu software para smartphones tem a maior participação no mercado global, mas seus números não estão inclusos nas pesquisa da IDC e do Gartner porque o sistema é vendido por meio de diferentes fabricantes e embarcado nos aparelhos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail