Home > Notícias

Só a Microsoft acha que o Windows 8 está pronto

Sistema operacional finalmente foi enviado para os fabricantes, porém oferta de aplicativos Metro é restrita

Gregg Keizer, Computerworld/EUA

02/08/2012 às 21h45

Foto:

A Microsoft anunciou esta semana que o Windows 8 está bem melhor e declarou que o sistema operacional finalmente chegou na etapa de versão para os fabricantes (RTM, em inglês). "É uma conquista importante, parabéns. Mas é apenas o primeiro passo" afirmou Michael Cherry,  analista do Direction on Microsoft, organização independente que fornece licenças, análises de organização, e realiza pesquisas para a Microsoft. "

Entre os detalhes que ainda faltam sobre o Windows 8 está o preço do sistema operacional. A Microsoft ainda não revelou o valor para o "System Builder", licença para PCs domésticos e Macs que adicionem uma nova máquina virtual com o Windows 8.  Em 15/8, quando os membros da MSDN (partição da Microsoft que se relaciona com os desenvolvedores) e a TechNet colocarem as mãos no Windows 8 RTM, os desenvolvedores poderão fazer o upload de seus aplicativos para a Windows Store, loja virtual da empresa na qual serão vendidos apps com interface Metro e que irão rodar tanto no Windows 8 quanto no Windos RT. 

Mas enquanto finalmente atingir a versão RTM é um ponto positivo, alguns analistas ainda estão preocupados. "No lançamento, a loja precisa de, no mínimo, 5.000 aplicativos Metro de alta qualidade", alertou Patrick Moorhead, analista da Moor Insights & Strategy. "Se isso não acontecer, a Microsoft passará por uma situação difícil, senão impossível, para vender um tablet com Windows 8 ou Windows RT."

Moorhead disse que estava "preocupado" que a Microsoft não conseguiria alcançar seu desempenho mínimo, notando que em quase um ano (a companhia liberou em setembro de 2011 as ferramentas para os desenvolvedores criarem apps para Windows 8) a loja acumulou apenas algumas centenas de aplicativos. "Se compararmos a situação da empresa em relação à Apple ou ao Android estão nesse momento, as empresas estão muito mais à frente do que a Microsoft" apontou Moorhead. 

“Diga-me um aplicativo que você simplesmente tem que ter hoje em dia”, disse Cherry. “Nós precisamos ver excitantes apps Metro que fazem algo, que expõem todos os recursos do sistema operacional que a Microsoft acabou de finalizar. É ótimo o fato que SO esteja pronto, mas se eu tivesse começado a usar no dia 15 de agosto, o que o Metro faria por mim agora? Eu realmente não sei”.

Windows RT
Ele também observou que virtualmente ninguém ainda usou um tablet com Windows RT tempo o suficiente para avaliar o desempenho do hardware ou do software do sistema operacional. “Nós precisamos ver hardwares que expõem absolutamente todo o valor que a Microsoft colocou no sistema”, disse Cherry.

O Windows 8 é a segunda edição do dominante sistema operacional da Microsoft que Sinofsky guiou durante o desenvolvimento. “Ele quis ter certeza de que esse estaria nas prateleiras a tempo”, disse Moorhead.

Sinofsky, um veterano de 23 anos da Microsoft, lançou o Windows 7 a tempo em 2009, uma boa estratégia para a companhia depois do infortúnio do Windows Vista,  que foi adiado várias vezes e enfrentou problemas logo após seu lançamento. O Vista foi um dos poucos desastres do Windows, nunca conseguindo mais do que 20% do mercado dos sistemas operacionais.

De acordo com a Net Applications, empresa de análise da internet, o Windows 8 foi adotado por relativamente poucos usuários durante o período de testes. Em julho, o novo sistema operacional era responsável por apenas 0,2% de todas as cópias do Windows sendo utilizadas naquele mês.

Em julho de 2009, o Windows 7 – que estava no mesmo estágio que o 8 está agora – estava em 1% de todos os PCs com o sistema operacional da Microsoft, ou 5 vezes a porcentagem da atualização desse ano.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail