Home > Notícias

Software gratuito promove encontros sexuais via iPhone

Apple aprovou o aplicativo Boink, que permite ao usuário selecionar suas posições preferidas, e mostra se há alguém por perto que tem os mesmos desejos

Daniel dos Santos, Now! Digital

21/05/2010 às 9h32

Foto:

Por essa, quem conhece os “selecionadores” da App Store, loja online da Apple, (famosos por rejeitarem quase tudo que se refere a sexo) não esperavam. Acaba de ser aprovado o aplicativo Boink, programa que permite ao usuário selecionar suas preferências sexuais, com detalhes como gosto por couro, tipo de beijo e posições que mais gosta, e ser informado sobre a presença de outras pessoas que compartilham de suas preferências, para marcar “o encontro ideal”.

Depois de criada uma conta, com o nome e senha, o usuário seleciona o que mais gosta para montar seu perfil. Aí é se conectar ao serviço e verificar se há  numa festa, por exemplo, alguém por perto que tem o software em seu celular e que tem as mesmas preferências sexuais, pois o programa identifica a localização do usuário. Se sim, você será avisado e poderá partir para a conquista com "informações privilegiadas".

boink

Boink: usuário seleciona suas preferências e torce para encontrar um perfil compatível por perto

De acordo com os criadores, o programa evita que “você perca tempo com gente que não gosta das mesmas coisas que você”. E vão além: “agora você sabe o  que vai encontrar antes de abrir o ziper”.

Mas, como os desenvolvedores conseguiram driblar a “censura” da Apple? Segundo a Medl Mobile, criadora do aplicativo, foram necessários três tentativas até conseguir que o aplicativo fosse liberado, tirando alguns termos ou mesmo imagens que pudessem ser consideradas “pesadas demais” pela Apple. Ou seja, ela não tem fotos de pessoas nuas, apenas ilustrações.

“Estamos muito felizes que a Apple tinha finalmente dito sim. Isso mostra que a empresa entende que as pessoas  podem usar o iPhone para conteúdo adulto, de forma madura, sem a necessidade de ter um aplicativo pornográfico”, afirma a Medl Mobile, em um comunicado.

No futuro, o programa custará 3 dólares. Mas, durante seu lançamento, há uma promoção. Ele será gratuito por duas semanas, para criar uma base maior de usuários.

Será que ele vai durar muito tempo na App Store ou a Apple vai mudar de ideia mais uma vez?

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail