Home > Notícias

Sony-Ericsson abandona o Symbian

Nokia passa a ser a única grande usuária do sistema operacional que já dominou o mercado de smartphones, e hoje é desenvolvido sob uma licença Open Source.

Rafael Rigues

24/09/2010 às 20h30

Foto:

Representantes da Sony-Ericsson confirmaram nesta sexta-feira que a empresa pretende abandonar o desenvolvimento de smartphones baseados no sistema operacional Symbian OS, mantido pela Symbian Foundation. A informação foi confirmada por Aldo Liguori, porta-voz da Sony-Ericsson em Londres, por telefone à BusinessWeek.

Segundo Liguori: "No momento não temos planos para desenvolver quaisquer novos produtos baseados na plataforma e sistema operacional da Symbian Foundation". A empresa pretende utilizar o Android, da Google, em seus futuros smartphones. O sistema (na versão 1.6) já é usado no Xperia X10, Xperia X10 Mini e Xperia X10 Mini Pro.

Entretanto, a Sony-Ericsson continuará fazendo parte da Symbian Foundation, entidade que governa o desenvolvimento do sistema operacional, cujo código-fonte foi publicado em fevereiro deste ano sob uma licença Open Source.

O Symbian OS é o "carro chefe" da finlandesa Nokia, que o utiliza em quase todos os seus smartphones, de clássicos como o N95 a modelos recentes como o N97 e N97 Mini. O sistema também já foi utilizado por empresas como a Samsung (em seu iNNOV8) e Motorola (em modelos como o RIZR Z10 e Z8). A Sony-Ericsson o utiliza nos aparelhos da linha Vivaz.

A Motorola já havia se retirado da Symbian Foundation e cancelado o desenvolvimento de aparelhos baseados no sistema operacional em dezembro de 2008. Com a desistência da Sony-Ericsson, a Nokia é a única grande fabricante de telefones a fazer uso do Symbian OS, atualmente na versão Symbian^3.

Entretanto, a empresa afirma que seu futuro Nokia N8 será o último aparelho de sua "N-Series", família de smartphones topo-de-linha, a utilizar o sistema operacional. Futuros aparelhos serão baseados no Meego, sistema baseado em Linux que é uma fusão do Maemo (desenvolvido pela Nokia e usado no N900) e do Moblin (sistema Linux para tablets e netbooks criado pela Intel).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail