Home > Notícias

Sony Ericsson faz primeira parceria com Microsoft em celular

Parceira da Nokia no Symbian, companhia aposta em comunicação e entretenimento em modelo com Windows Mobile.

Taís Fuoco, editora do Computerworld*

11/02/2008 às 7h34

Foto:

selo_mobile_congress_entradaA Sony Ericsson apostou na convergência entre comunicação e entretenimento em sua nova família de celulares. A série Experia marca também a primeira parceria da companhia com a Microsoft.

Apesar de ser parceira da Nokia no sistema Symbian, o primeiro modelo da família Xperia utiliza sistema operacional Windows Mobile. "Isso mostra o quanto somos uma companhia multiplataforma", afirmou Steve Walker, diretor executivo da Sony Ericsson, em evento para a imprensa em Barcelona.

Mais sobre o congresso:
> Leia a cobertura completa do Mobile World Congress

O Xperia X1 combina a tela touch screen - que mostrou ser sucesso no iPhone da Apple - com um teclado Qwerty para facilitar a digitação nos casos de envio de e-mails.

Ele também tem videochamada e uma câmera digital de 3,2 megapixels, além de sistema de localização, reconhecimento da escrita e display Wide VGA 3.0 para ampliar a experiência ao assistir vídeos e conteúdo multimídia, segundo a empresa.  O modelo só estará disponível na segunda metade deste ano, a um preço ainda não definido.

Segundo Walker, países como Brasil, Índia e China são os que trazem hoje os principais indicadores de crescimento da indústria de celulares. Apesar de essas regiões terem renda per capita muito mais baixa que os países da Europa, por exemplo, ele afirmou que essa não é uma grande preocupação para a indústria de celulares porque "o consumidor paga por serviços nos quais veja valor".

Uma das apostas da companhia, segundo ele, é na simplicidade. Por isso, decidiu reunir no mesmo equipamento câmera fotográfica e de vídeo, além de um terminal com banda larga móvel capaz de acessar os mesmos recursos de um PC. "A vida precisa ficar cada vez mais simples, todos querem isso", afirmou.

++++

O executivo preferiu não fazer comentários diretos sobre a situação da área de celulares da Motorola, que recentemente admitiu que poderá fazer um spin off da operação, causadora de seus mais recentes prejuízos.

Para o executivo da Sony Ericsson, no entanto, "essa é uma indústria onde o sucesso reside em oferecer o melhorselo_mobile_congress_02 portfólio de produtos". Segundo ele, a união entre os recursos da Sony e da Ericsson mostrou ser uma decisão acertada para essas companhias, cujos ativos em celulares foram unificados em 2001.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail