Home > Notícias

Sony impede venda de dispositivo para desbloqueio de PS3

No entanto, suspensão de vendas do aparelho chamado de PS Jailbreak é temporária e só vale até o próximo dia 31

PC World / EUA

27/08/2010 às 16h52

Foto:

Não leve o silêncio da Sony sobre o recente desbloqueio do PS3, anunciado na última semana por uma loja australiana, como falta de ação por parte da empresa. A fabricante do console está trabalhando ativamente para bloquear as vendas do aparelho USB, e já conseguiu uma ordem temporária junto a Corte Federal da Austrália para suspender as vendas e distribuição do dispositivo.

O hack em questão, chamado de PS Jailbreak, permite que os usuários joguem títulos "distribuídos ilegalmente", digamos assim. Além disso, o grupo responsável pelo desbloqueio também alega que o aparelho pode bloquear as atualizações de firmaware da Sony, que poderiam desabilitar o hack ou tornar o sistema inutilizável.

A ordem judicial australiana, que é válida apenas até o dia 31 de agosto, ordena que qualquer pessoa “importando (os aparelhos) para a Austrália com a intenção de revendê-los” deve cessar sua distribuição a qualquer outra pessoa, oferecê-los ao público, fornecê-los para outras pessoas, ou “(negociá-los) de outra forma”.

A Sony tem apenas alguns dias para convencer as cortes do país a tornar a ordem judicial permanente ou estendê-la. Senão, o aparelho poderá ser vendido na Austrália a partir de 1º de setembro. Em fevereiro deste ano a corte australiana interrompeu as vendas de um mod chip similar para Nintendo DS, chamado R4, e ordenou que o distribuidor em questão pagasse cerca de meio milhão de dólares à Nintendo.  

 

psjail1.jpg

Aqui não: Sony conseguiu bloquear a venda de dispositivo de desbloqueio do PS3

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail