Home > Notícias

Sony vai cortar produção de TVs e smartphones em 2015

Em busca de aumento no lucro, fabricante japonesa vai adotar estratégia parecida com a da rival Samsung. Contrato com a FIFA também não será renovado.

IDG News Service / EUA

26/11/2014 às 17h59

xperiae3_520.jpg
Foto:

A Sony está pronta para reduzir a quantidade de smartphones e TVs que produz no ano que vem com o objetivo de conseguir lucrar com essas áreas. 

Pelo visto, muitas empresas de tecnologia estão percebendo que a estratégia de quantidade sobre qualidade nem sempre funciona. A Samsung, por exemplo, revelou recentemente, que vai cortar sua linha de smartphones em 2015 em um terço e agora a Sony está seguindo o caminho.

“Não estamos de olho em tamanho ou participação de mercado, mas lucros maiores”, afirmou o novo chefe de mobile da Sony, Hiroki Totoki.
De acordo com a Reuters, a fabricante japonesa vai ficar feliz se as vendas caírem até 30% em smartphones e TVs, desde que consiga registrar lucro. As vendas dos tablets e smartphones da linha Xperia estão baixas e colocam um “peso” negativo nos rendimentos anunciados recentemente pela empresa em seu segundo trimestre.

A Sony vai depender da popularidade do PlayStation 4 e do negócio de sensores de imagens nos próximos três anos, segundo o relatório.

O plano de três anos envolve um foco em aumentar as vendas da divisão de videogames da empresa em 13, bilhões de dólares em um trimestre. Esse objetivo terá a ajuda de serviços personalizados de distribuição de música, vídeo e TV.

Com esses problemas financeiros, a Sony também anunciou que não vai renovar seu contrato de patrocínio com a FIFA no ano que vem.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail