Home > Notícias

Spammers ‘invadem’ o Google Buzz dos dias após lançamento do serviço

Primeiro ataque foi detectado na quinta-feira (11/2), ocorreu antes do que empresa de segunça esperava.

Sharon Gaudin, da Computerworld/EUA

16/02/2010 às 17h04

Foto:

Spammers começaram a atacar o Google Buzz dias depois de seu lançamento, afirma a empresa de segurança digital Websense. Na semana passada, a empresa publicou um alerta sobre o Google Buzz, salientando que o primeiro ataque de spam, que era sobre como parar de fumar, atingiu o novo concentrador de redes sociais na última quinta-feira (11/2).

A Websense ressaltou que seus analistas esperavam pelo surgimento de mensagens de spam no Google Buzz, mas não tão cedo.

"Quando o Twitter foi lançado, levou algum tempo até que fosse usado para envio de spam e outras mensagens maliciosas", afirmou a empresa, em alerta. "Neste caso, levou apenas dois dias. Está claro que os 'caras maus' aprenderam com sua experiência em redes sociais para distribuir este tipo de mensagem".

Dias atrás, o Google acrescentou ferramentas de rede social ao seu serviço de e-mail. O Google Buzz foi projetado para ajudar usuários a encontrar as informações mais importantes nas atualizações de suas redes sociais, de forma mais fácil e rápida.

Na sexta-feira (12/2), no entanto, o Google colocou em funcionamento diversos ajustes no Buzz, em resposta a questionamentos sobre privacidade. Além disso, no fim de semana o Google disse que irá fazer mais ajustes, todos relacionados a configurações de privacidade.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail