Home > Notícias

Speedy: ressarcimento a usuários ainda é uma incógnita

Procon-SP e Telefônica se reúnem nesta sexta-feira (08/05) para definir ressarcimento a usuários que ficaram sem Speedy em abril.

Daniela Braun, editora-executiva do IDG Now!

06/05/2009 às 14h01

Foto:

A Telefônica e o Procon-SP adiaram para esta sexta-feira (08/05) uma nova reunião para definir o ressarcimento de usuários do Speedy, que ficaram sem banda larga no início de abril por conta de ataques de crackers, segundo a operadora.

O encontro estava marcado inicialmente para segunda-feira (04/05), mas foi adiado por questões internas, informou o órgão de defesa do consumidor.

Em reunião anterior, realizada no dia (22/04) com a operadora, o Procon-SP considerou insuficiente a proposta da Telefônica de conceder um desconto proporcional a 12 horas de serviço aos clientes que ficaram sem banda larga por causa das panes no Speedy.

O serviço de banda larga ficou fora do ar para diversos usuários no
Estado de São Paulo, dos dias 6 a 8 de abril, quando a operadora informou ter sofrido sucessivos ataques de crackers, que motivaram a pane no Speedy. No entanto, clientes do serviço ainda reclamaram de ausência ou dificuldades de acesso até 12 de abril.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail