Home > Notícias

Steve Jobs é eleito o mais poderoso da mídia em pesquisa na Inglaterra

Levantamento do Guardian coloca o CEO da Apple, que havia ficado em quarto lugar no ano passado, à frente de nomes como Rupert Murdoch e Mark Zuckerberg

Macworld / Reino Unido

20/07/2010 às 13h34

Foto:

O CEO da Apple, Steve Jobs, ficou em primeiro lugar em uma pesquisa anual do jornal inglês “Guardian” para apontar a pessoal mais poderosa na televisão, rádio, jornais, revistas, mídia digital, negócio de mídia, publicidade, marketing e relações públicas.

É a primeira vez que Jobs lidera a pesquisa “Media Guardian 100”. No ano passado, o CEO da Apple ficou em quarto lugar, atrás dos líderes Sergey Brin e Larry Page, do Google, que neste ano ocupam a segunda colocação.

apple1.jpg

Jobs durante a conferência de imprensa sobre o iPhone 4 na sexta-feira passada, 16/7.

Completam o Top 10 deste ano o diretor geral da BBC, Mark Thompson (3º), Rupert Murdoch (4º), Evan Williams do Twitter (5º), Simon Cowell (6º), Mark Zuckerberg do Facebook (7º), James Murdoch da News Corp (8º), o secretário de cultura da Inglaterra, Jeremy Hunt (9º), e Archie Norman (10º).
Segundo a publicação, Jobs ficou em primeiro porque a Apple “Mais uma vez revolucionou a maneira como consumimos mídia”.

“Steve Jobs mudou a maneira como consumimos música; agora ele se prepara para mudar a maneira como consumimos todas as outras coisas”, nota a matéria, que dá crédito ao iPad por fazer os editores reconhecerem seu potencial como o “salvador da indústria dos jornais, uma revolução na maneira como vamos consumir a palavra impressa que também pode ser bom negócio para livros e revistas, assim como também pode vir a transformar a maneira como assistimos a televisão e filmes”.

O iPad, que será lançado em mais nove países nesta sexta-feira, 23/7, vendeu 3 milhões de unidades nos primeiros 80 dias de vendas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail