Home > Notícias

Steve Jobs é intimado a depor em processo contra o iTunes

Caso teve início em 2005, com denúncia de consumidor contra "limitações de opções" da loja Apple; depoimento não poderá ultrapassar duas horas

Macworld / EUA

22/03/2011 às 18h07

Foto:

Um juiz federal norte-americano ordenou que o CEO da Apple, Steve Jobs, atualmente em licença médica, testemunhe em um caso antitruste sobre vendas online de músicas, de acordo com informações da Bloomberg.

O caso em questão teve início com uma denúncia de 2005 feita pelo usuário do iTunes Thomas Slattery, que afirmou que o fato de a Apple ligar o iPod à sua loja iTunes Music Store limitava as opções do consumidor de forma ilegal.

O juiz Howard R. Lloyd emitiu uma ordem ontem, 21/3, pedindo que Jobs responda a questões relacionadas ao caso, com foco  em uma atualização do iTunes de outubro de 2004, que evitava que arquivos MP3 da RealNetworks funcionassem com iPods. Na época, a Apple afirmou que a RealNetworks e sua tecnologia Harmony “adotavam táticas e ética hacker para acessar um iPod”. O depoimento de Jobs não poderá levar mais do que duas horas.

ipad2-05.jpg

Apesar de estar de licença médica, Jobs apresentou o iPad 2 no ínicio de março

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail