Home > Notícias

Steve Jobs rejeitou cirurgia que poderia salvá-lo, diz biógrafo

Segundo Walter Isaacson, que escreveu a biografia do executivo, Jobs só aceitou fazer a operação quando já era tarde demais

Macworld/Reino Unido

21/10/2011 às 10h47

Foto:

Steve Jobs, cofundador da Apple, que faleceu no dia 5/10, se recusou a fazer uma cirurgia que poderia ter salvado sua vida, segundo Walter Isaacson, autor da biografia do executivo. A informação surpreendente foi fornecida ao programa 60 Minutes, da rede CBS.

De acordo com Isaacson, durante nove meses Jobs rejeitou a operação, indo contra os apelos de sua família. Quando finalmente aceitou, já era tarde demais. O câncer raro do pâncreas já tinha se espalhado.

Leia também:

Galeria: conheça a trajetória profissional de Steve Jobs

Como fica a Apple sem Steve Jobs

Vídeo: Conheça a trajetória de Steve Jobs

 
Califórnia cria o “Dia de Steve Jobs”

"Ele tentou se tratar com dieta, tratamentos espirituais, tentou macrobiótica e não fez a operação. Acredito que foi aquele tipo de pensamento de que se você ignora algo, se você quer que algo não exista, coisas mágicas podem acontecer”, afirmou Isaacson na entrevista, que teve um trecho publicado no site da CBS.

A biografia oficial de Steve Jobs chega às lojas no dia 24/10 e será publicada no Brasil pela Companhia das Letras. Seu preço sugerido é de R$ 49,90.

jobs-magro-300

Jobs: decisão surpreendente diminui suas possibilidades de sobrevivência

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail