Home > Notícias

Steve Jobs vai tirar licença médica de 6 meses da Apple

CEO da Apple disse, em e-mail aos funcionários da Apple, que se afasta da companhia até junho. O diretor de operações Tim Cook vai cuidar das tarefas de Jobs durante seu afastamento.

Macworld/EUA

14/01/2009 às 20h23

Foto:

Steve Jobs, CEO da Apple, disse aos seus funcionários que vai se ausentar da companhia até junho, para cuidar de assuntos ligados à saúde. O diretor de operações Tim Cook vai cuidar das tarefas de Jobs durante seu afastamento.

A decisão foi comunicada em um e-mail de Jobs aos funcionários da Apple nesta quarta-feira (14) e publicado no site da empresa.

"Infelizmente, a curiosidade sobre minha saúde pessoal continua a ser uma distração não apenas para mim e minha família, mas para todos da Apple também", disse Jobs aos empregados. "Além disso, na última semana descobri que meus problemas de saúde são mais complexos do que pensei originalmente".

O anúncio de Jobs nesta quarta vem um pouco mais de uma semana de ter comunicado que lidava com um "problema hormonal" que afetou sua saúde e o levou à perda de peso no último ano. Em 2009, Jobs não fez seu tradicional discurso de abertura da Macworld Expo, sendo substituído por Phil Schiller, vice-presidente de marketing da Apple.

O CEO da Apple afirmou que o tratamento para sua condição seria feito durante os próximos meses, mas que ele informaria o conselho de diretores se sentisse que não poderia mais cumprir suas obrigações no cargo.

Jobs disse ainda no e-mail que a sua ausência irá permiti-lo a "sair dos holofotes e focar na minha saúde, e permitir a todos na Apple em focar na criação de produtos extraordinários".

Embora Cook irá lidar com as operações no dia-a-dia da Apple, Jobs disse que continuará envolvido nas "principais decisões estratégicas" durante sua ausência.

Jobs já sofreu de uma forma rara de câncer no pâncreas em 2004. Durante esse período, ele também se afastou do cargo de CEO, com Cook assumindo sua posição.

Durante todo o ano de 2008, a saúde de Jobs foi tema para diversos rumores, especialmente depois que ele apareceu muito mais magro em público. Na maioria das vezes, a Apple não comentou os boatos, apenas admitindo que a saúde de Jobs era um assunto privado. Durante o lançamento dos iPods novos em novembro, Jobs abriu sua apresentação com um slide falando que "os relatos da minha morte estão sendo exagerados".

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail