Home > Notícias

Steve Jobs volta ao trabalho

Segundo informações de funcionários da Apple na unidade de Cupertino, na Califórnia (EUA), o principal executivo da Apple, que estava de licença médica, retomou suas atividades como CEO da companhia

PC World/EUA

23/06/2009 às 10h21

Foto:

Segundo informações de funcionários da Apple na unidade de Cupertino, na Califórnia (EUA), Steve Jobs retomou suas atividades como CEO da companhia. O executivo, que já enfrentou um câncer no passado, passou por um período de licença médica iniciado em janeiro de 2009.

O departamento de relações públicas da Apple não fez um anúncio oficial sobre a volta de Jobs e não atendeu às solicitações de informação feitas pela reportagem da PC  World americana.

stevejobspqSegundo o “Wall Street Journal”, o principal executivo da Apple recebeu um transplante de fígado em Tennessee, nos Estados Unidos,  há cerca de dois meses. Uma porta-voz da Apple, porém, não confirmou as informações.

Apesar disso, o carismático executivo voltou à cena ontem (22/6) ao revelar que foram vendidas mais de 1 milhão de unidades do iPhone 3G S em menos de três dias. De acordo com o jornal, Jobs deverá manter uma rotina de apenas meio período nos primeiros meses após retornar da licença médica.

A data do retorno de Jobs ao trabalho tem sido especulada nos últimos meses. Durante a WWDC, conferência de desenvolvedores da Apple realizada este mês em São Francisco, nos Estados Unidos, esperava-se a participação de Jobs, o que não aconteceu. Oficialmente, ele retornaria até o final de junho.

Pouco antes de sair de licença, o executivo veio a público falar que tinha um desequilíbrio hormonal “relativamente simples” de  tratar. Em seguida, ele enviou uma carta explicando que o motivo era mais complexo que o originalmente pensado e disse que  sairia de licença. O Chief Operating Officer da empresa, Tim Cook, assumiu o comando da empresa no período.

O primeiro problema sério do principal executivo da Apple foi revelado em 1º de agosto de 2004, quando ele anunciou que havia sido tratado de um raro tipo de câncer no pâncreas. No ano passado, porém, a saúde de Jobs parecia estar cada vez mais frágil e ele estava muito magro em suas aparições públicas, fazendo com que tanto analistas quanto os fãs da Apple começassem a suspeitar de alguma doença.

A saúde do executivo despertou muitas preocupações quanto ao futuro da empresa. Com o afastamento do carismático executivo, surgiu a dúvida se a Apple teria o mesmo sucesso sem o talento de Jobs.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail