Home > Notícias

Substituto de Jobs ganha quase US$ 400 milhões em ações da Apple

Equivalente a um milhão de ações, bônus de Tim Cook é o maior pago pela empresa na década; Jobs recebeu cerca de US$ 600 milhões em 2000

Da Redação

10/01/2012 às 15h11

Foto:

O atual CEO da Apple, Tim Cook, que ocupa o cargo ocupado por Steve Jobs, recebeu um bônus de quase 400 milhões de dólares em ações da companhia, de acordo com informações da agência Reuters. A quantia é a maior oferecida pela empresa nos últimos dez anos – em 2000, Jobs recebeu o equivalente a 600 milhões de dólares da “maçã”.

Como explica o New York Times, Cook recebeu da diretoria da empresa um milhão de ações como uma forma de demonstração de confiança em seu trabalho. O executivo foi escolhido pelo próprio Jobs como substituo e  já faz isso desde que o cofundador da companhia abandonou o cargo de CEO, em razão de uma licença médica em 2011.

timcook-dest-300

Tim Cook recebeu bônus de quase US$ 400 milhões da Apple

Leia também:

- Veja o que a Apple deve lançar em 2012

Metade das ações do bônus serão revertidas em 2016, e o restante, cinco anos depois, em 2021. De acordo com o preço de fechamento das ações da Apple em 24 de agosto de 2011, o bônus recebido por Cook está avaliado em torno de 376 milhões de dólares.

Enquanto Jobs recebia um salário simbólico de 1 dólar por ano quando era CEO da Apple, Cook ganhou quase um milhão de dólares pelos seus serviços no ano passado.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail