Home > Notícias

T-Mobile revela que perdeu dados de 17 milhões de clientes há 2 anos

Operadora perdeu um disco contendo dados pessoais de 17 milhões de clientes no início de 2006 e só confessou no último sábado.

IDG News Service/França

06/10/2008 às 9h02

Foto:

Sem revelar o caso por mais de dois anos, a
T-Mobile publicou a sua versão sobre a perda de dados de 17 milhões de clientes após uma reportagem na revista alemã
Der Spiegel ter relatado que as informações estavam sendo vendidas via
internet.

Entre as informações 17 milhões de clientes
estão o nome do cliente, data de nascimento, endereço completo e número de
telefone celular. Em alguns casos, também o endereço de e-mail. Segundo a
companhia, nenhum dado bancário foi perdido.

Quando percebeu a perda do disco, a
companhia afirmou que procurou o promotor do estado e passou a monitorar fóruns
de internet e portais que oferecem os dados roubados para venda.

A T-Mobile afirma que não encontrou evidência
nos meses seguintes à perda do disco de que os dados foram comercializados. Isso mudou no último sábado quando a Der
Spiegel revelou que as informações estão de fato à venda pela internet.

Entre os clientes atingidos estão diversas
celebridades alemãs, grandes empresários, líderes religiosos, ministros de
governo e políticos, afirma a reportagem. Ainda assim, a T-Mobile mantém a declaração
de que não há evidência de que os dados foram usados para agredir os clientes.

A companhia afirma que modificou os
procedimentos de segurança, adicionando senhas mais fortes e controle de
acesso, além de registrar os acessos aos bancos de dados de clientes. No entanto, ninguém na companhia estava
disponível para comentar o caso.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail