Home > Notícias

Tablet da RIM poderá rodar aplicativos Android e Java

Segundo fabricante, programas precisarão ser portados pelos desenvolvedores para rodarem em "tocadores de apps" do sistema; tablet chega às lojas dia 19.

IDG News / EUA

24/03/2011 às 19h01

Foto:

A RIM (Research in Motion) anunciou nesta quinta-feira, 24/3, que os usuários do tablet PlayBook poderão rodar aplicativos Android e Java em seus aparelhos.

Com isso, a empresa busca corrigir uma das maiores críticas contra o tablet: a falta de apps.

O PlayBook será lançado no próximo dia 19 de abril com dois “tocadores de aplicativos” opcionais que fornecerão  ambientes run-time para apps BlackBerry Java e Android 2.3 – os usuários poderão baixá-los na loja App World, da fabricante.

Mas os aplicativos não funcionarão automaticamente nos tocadores do PlayBook. Segundo a RIM, os desenvolvedores terão de portar seus apps para rodarem no sistema do tablet.

Além disso, eles terão de empacotá-los novamente, sinalizar os códigos e submeter os programas à aprovação da App World.

Os tocadores de apps rodarão em uma “sandbox segura” (caixa de areia em inglês, um ambiente à parte) no PlayBook, de acordo com a fabricante. Normalmente os desenvolvedores de software utilizam essa técnica para evitar que hackers acessem outras partes do sistema. Os dados ficam protegidos, pois um bug em um programa não permite que acesso a outros programas ou dados no gadget.

Por fim, a RIM afirmou que possui planos de facilitar a vida dos desenvolvedores de apps do PlayBook com o lançamento de um kit de desenvolvimento de software (SDK) nativo, habilitando a criação de programas C/C++ no sistema BlackBerry Tablet OS.

playbook01.jpg

PlayBook

Conforme já noticiamos, o PlayBook chega em abril aos EUA com preços sugeridos de 499 dólares na versão 16 GB Wi-FI, 599 dólares na de 32 GB e 699 dólares na versão 64 GB Wi-Fi.

O Playbook tem uma tela capacitiva WSVGA de 7 polegadas, com resolução de 1.024 x 600 pixels. Ele tem um processador dual core de 1 GHz e 1 GB de RAM, com memória interna que vai até 64 GB.

Como a maioria dos tablets, o Playbook terá GPS, um sensor de movimento de seis eixos e bússola digital. Seu sistema será o BlackBerry Tablet e ele será capaz de capturar vídeo de alta definição em 1080p graças a sua câmera principal de 5 megapixels.

O aparelho também tem uma câmera secundária de 3 megapixels e uma porta HDMI.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail