Home > Notícias

Tablets Android da Lenovo chegam em 30 dias ao Brasil

Eles não estavam no pacote de lançamentos apresentado hoje (28/6) à imprensa, mas a empresa revela que virão a preços competitivos.

Solange Calvo, da Computerworld

28/06/2011 às 13h21

Foto:

A fabricante chinesa Lenovo apresentou hoje (28/6) ao mercado nacional inovações tecnológicas em suas tradicionais famílias ThinkPad, voltada para o segmento corporativo [com 60 milhões de unidades vendidas no mundo, abriga a Edge, para pequenas e médias empresas], e a IdeaPad, direcionada ao consumidor final.

Todas as características estão focadas em design inovador, tanto em desktops quanto em notebooks, aliado à alta performance, enfatizou o atual presidente da Lenovo do Brasil, Xia Li. A campanha na qual estão apoiados os novos recursos, Feitos para quem faz, será a bandeira da estratégia que irá fortalecer a atuação da empresa nos próximos anos, segundo Li.

Alta capacidade de processamento, resistência, mais segurança e já preparados para aplicações em cloud computing podem levar a empresa a impulsionar as vendas de notebooks ao mercado corporativo, que hoje representam 23% do total de 9 milhões. “Vamos sim virar esse jogo em notebooks, mas também avançaremos com os nossos novos desktops”, diz Jaison Patrocínio, diretor de Produto Linha Think da Lenovo.

A revelação do dia não estava no pacote dos lançamentos, mas diante da abordagem dos jornalistas, a empresa antecipou a notícia da chegada em até 30 dias dos seus tablets Android, que serão chamados de ThinkPad Tablets. De acordo com Patrocínio, inicialmente [cerca de um a dois meses] eles serão importados, “mas depois disso eles serão fabricados no Brasil, o que deverá reduzir os preços praticados entre 15% a 20%”.

O executivo diz ainda que os preços, mesmo os iniciais, estarão abaixo dos praticados pelo seu principal concorrente no mercado de tablets [sem citar o nome]. “E com a produção local ficarão ainda mais competitivos”, garantiu.

Rodando Android, o tablet da Lenovo promete outros atrativos, de acordo com Patrocínio. No momento, a empresa prepara toda uma base de aplicações voltada ao mercado corporativo, que inclui recursos para gerenciamento, segurança, além de, ao contrário da concorrência, a opção de software em português.

O modelo de comercialização dos tablets da Lenovo será o tradicional, por meio dos canais, mas Patrocínio adianta que ele sofrerá expansão com novas parcerias, que incluem as telcos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail