Home > Notícias

Tablets “brasileiros” terão alto índice de nacionalização, diz ministro

"Exigência de conteúdo nacional é bem pesada", afirma Fernando Pimentel, do Desenvolvimento; 50% dos componentes da tela serão nacionais já em 2012.

Redação do IDG Now!

26/05/2011 às 17h23

Foto:

Os tablets que serão fabricados no Brasil terão alto índice de nacionalização, afirmou o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel.

"A exigência de conteúdo nacional é bem pesada. É mais forte do que a que está hoje prevista para notebooks em geral", afirmou o ministro à Agência Brasil.

Um dos itens do Processo Produtivo Básico (PPB) para a fabricação dos tablets determina que 50% dos componentes da tela sejam nacionais já a partir de 2012.

A empresa chinesa Foxconn, que produz a linha iPad para a Apple, já confirmou a intenção de instalar uma fábrica de produção de tablets no Brasil. Semp Toshiba, Samsung e Motorola também manifestaram interesse em produzir esse tipo de aparelho.

O anúncio de que a Foxconn iria produzir tablets no Brasil foi feito em abril pelo ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, durante viagem à China. O investimento total da empresa no país seria de 12 bilhões de dólares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail