Home > Notícias

Teclados da Apple podem ser “hackeados”

Especialista mostra como roubar senhas e coletar informações do usuário por falha na segurança no firmware desse periférico

Macworld/EUA

06/08/2009 às 11h26

Foto:

Não bastasse o problema de segurança relacionado ao sistema de envio de SMS do iPhone, que ganhou uma correção na semana passada, um hacker mostrou que consegue instalar um malware no firmware (conjunto de instrução para controle de dispositivos) dos teclados da Apple. 

Todos os teclados da Apple, de notebooks ou com conexão USB, possuem uma pequena quantidade de memória RAM e memória flash usada para executar funções básicas. Já que esses dados não são criptografados e não precisam ser validados, fica fácil para usuários mal-intencionados inserirem códigos maliciosos nessa memória, segundo o especialista. Na demonstração, o especialista K. Chen mostrou com facilidade como roubar senhas e outros dados do usuário.

teclado-apple.jpg

O malware não pode ser removido por programas  antivírus pelo fato de ficar alojado dentro da memória do teclado, e não nos discos rígidos. Essa falha talvez não seja tão grave como a constatada no envio de SMS do iPhone, mas é esperado que a Apple libere uma correção para o programa o mais rápido possível.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail