Home > Notícias

Tectoy lança console com conectividade 3G

Zeebo, nova aposta da Tectoy , tem como alvo a classe média e traz conectividade 3G por 599 reais.

Por Cauã Taborda, especial para a GamePro

12/11/2008 às 12h59

Foto:

A Tectoy apresentou nesta quarta-feira (12/11) o Zeebo, um novo console com conectividade 3G que será comercializado no Brasil por 599 reais.

A estratégia da Tectoy para se fixar no mercado é oferecer jogos a um preço acessível, num sistema de compra por pontos, chamados de Z-Credits, que serão adquiridos diretamente pelo console, via cartão de crédito, cartões pré-pagos, boletos bancários e num futuro próximo casas lotéricas, segundo o presidente da Tectoy, Fernando Fischer.

O console é conectado à rede 3G automaticamente, numa parceria entre Tectoy e Claro, responsável pelo fornecimento do acesso neste momento. O usuário não pagará nada pelo acesso à loja virtual Zeebo.

zeebo_320


O Zeebo é voltado para crianças de classe media, de idade entre 10 e 13 anos. A proposta é de que o Zeebo seja o primeiro ou segundo console para esse grupo. O console não possui mídia física, todos os jogos devem ser comprados e baixados pela rede 3G.

Para isso, o console da Tectoy conta com uma solução de armazenamento em memória flash de 1GB, que, de acordo com Reinaldo Normand, responsável por desenvolvimento de negócios da Tectoy, é uma capacidade que atende às necessidades do usuário.

Um sistema de contas vai garantir que jogos deletados possam ser baixados novamente sem nenhum custo, já que o servidor terá todas as informações do usuário.

O nível gráfico do console pode ser comparado ao de um Playstation 1, com jogos já conhecidos do público, como o shooter Quake, de 1995, Crash Bandicoot Nitro Kart e Need for Speed Carbon.

gamesshutter_625.jpg

Para a Tectoy o desafio será grande, já que o console vai competir diretamente com o Playstation 2, que tem um preço aproximado de 550 reais, além de uma grande força em títulos no mercado paralelo e melhor qualidade gráfica – e ainda roda DVDs.

A Tectoy espera acertar com o tempo, segundo Reinaldo, o Zeebo tem força para se aproximar da qualidade gráfica do PS2, mas afirma que essa evolução chega com o tempo e dedicação dos desenvolvedores.

++++
Inicialmente a Tectoy conta com parcerias com a SEGA, Activision e Capcom, mas pretende estender essa cartela de desenvolvedores. Para o lançamento a Tectoy também promete que 19 games estarão disponíveis.

O preço dos games varia de acordo com seu nível de interesse, lançamentos vão custar 19,90 reais, games de catálogo 9,90 reais e grandes títulos 29,90 reais.

Um ponto positivo do projeto é que todos os jogos serão traduzidos para o português. A empresa pretende com isso expandir o mercado de games nacional.

Para o futuro, várias propostas, entre elas um controle com acelerômetro que já está em desenvolvimento, além de jogos multiplayer, aproveitando a conectividade do console.

A produção do Zeebo é feita em Manaus e os primeiros exemplares devem chegar ao Mercado em março de 2009, num teste da Tectoy que será realizado em uma única cidade, para então em julho expandir as vendas controladas para todo o país.

Apesar de o Zeebo possuir entrada para cartões SD, ele não permite o uso de cartões para armazenamento de jogos, a porta serve para que o consumidor carregue fotos e músicas no console. As portas USB do dispositivo só podem ser utilizadas para acessórios, como os controles e teclados, que podem ser usados no futuro para comunicação entre os jogadores na rede.

Apesar de a proposta do primeiro console com proporções mundiais desenvolvido no Brasil ser interessante, a falta de qualidade gráfica e preço competitivo podem atrasar seu sucesso.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail