Home > Notícias

Telas 3D do futuro descartam uso de óculos especiais

Fabricantes apresentam soluções que tornam uso da imagem 3D mais acessível; um dos projetos utiliza a tela de um MacBook.

IDG News Service

05/03/2010 às 11h07

3d_apple_150.jpg
Foto:

Um grupo de companhias apresentou novos tipos de telas que projetam uma imagem 3D diretamente para os olhos, descartando a necessidade de óculos especiais. Hoje, os óculos são utilizados para separar e  escolher qual das duas imagens cada olho enxerga, por meio de filtros de cores ou obturadores sincronizados com a tela. Na nova tecnologia, a separação é feita por um painel composto por  lentes minúsculas que ficam na frente da tela.

Esse conceito não é novo, mas no passado a pessoa teria que estar em um ponto específico em relação à tela para conseguir ver a imagem em 3D e, caso se movesse, o foco da imagem seria perdido.

Uma das novas telas, desenvolvida pela Sunny Ocean Studios, promete mudar isso com um painel que pode ser acoplado às telas comuns, enviando uma imagem estereoscópica para 64 posições ao redor da tela.

3d_sunny.jpg

“Isso significa que você terá um grande campo de visão, podendo se movimentar [com mais liberdade] e visualizar uma ótima imagem 3D”, afirmou o diretor da empresa, Armin Grasnick. “Normalmente você teria poucos, apenas cinco ou nove ângulos, mas agora temos 64 e é fácil de capturar o efeito 3D”. A Sunny Ocean pretende comercializar os painéis para fabricantes de telas.

Um painel similar foi desenvolvido pela empresa alemã SeeFront, mas ele projeta uma imagem para um único ponto que adapta sua posição de acordo com o usuário por meio de uma câmera que capta os movimentos. “Temos uma câmera como parte da tela e ele fica 'de olho' em você”, afirmou o fundador da companhia, Christoph Grossman. Segundo ele, o dispositivo identifica a posição do usuário em termos de coordenadas X, Y e Z. Essa informação é passada para um algoritmo no computador embutido na tela e é analisada pra oferecer a melhor imagem 3D segundo esta posição. 

3d_seefront.jpg

SeeFront fez uma demonstração da tecnologia em um MacBook, utilizando a própria câmera do dispositivo

Talvez o sistema mais interessante tenha sido uma tela apresentada pelo Fraunhofer Institute, também alemão.  Ele conta com um painel de lentes cilíndricas estreitas na frente da tela que dividem as duas imagens reproduzidas e as redireciona para cada um dos olhos.

“É claro que você quer se mover”, afirmou Bernd Duckstein, pesquisador do instituto. “Por isso há duas câmeras em cima da tela, que detectam a posição dos olhos do visualizador e, de acordo com essa posição, as lentes se movem em frente ao painel pra que os canais possam seguir os olhos do usuário”.

3d_fraunhofer.jpg

Fraunhofer Institute: painel se move até três milímetros para ajustar a posição

Além disso, a tela conta com câmeras infravermelhas para monitorar gestos de mão. Os usuários podem manipular objetos na tela e controlar o software sem ter que tocar na tela.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail