Home > Notícias

Telefônica conclui mais uma etapa do plano de estabilização do Speedy

Operadora afirma ter ampliado capacidade de tráfego de dados de seu serviço de banda larga.

Redação do IDGNow!

23/09/2009 às 18h20

Foto:

A Telefônica afirma que concluiu mais uma etapa do seu plano de Estabilização e Ampliação do Speedy, compromisso firmado perante a Agência Nacional de Telecomunicações ( Anatel), diante de vários problemas no funcionamento do serviço nos últimos meses.

A fase, que estava programada para ser finalizada em 26 de setembro, resultou no aumento para 140 Gbits da capacidade do chamado toll-gate - canal responsável pela ligação da rede da operadora com a internet em todo o mundo.

Outro resultado foi a ampliação do backbone IP (Internet Protocol) da empresa no Estado de São Paulo, que passou de 240 para 520  Gbits. Isso significa que aumentou a capacidade de transporte de tráfego de dados do Speedy.

Os investimentos no serviço feitos pela operadora até o momento foram de R$ 50 milhões, de um total previsto de R$ 70 milhões para o Plano de Estabilização e Ampliação. 

Histórico      

A Telefônica enfrentou várias panes em seus serviços de banda larga e de telefonia fixa nos últimos 12 meses. A mais grave delas aconteceu em julho de 2008, quando os clientes da empresa ficaram 36 horas sem o Speedy.

Na época, um problema no roteador, equipamento que faz o controle do tráfego da internet, em Sorocaba, interior de SP, foi apontado pela companhia como o responsável pela pane.

Em abril, o serviço de banda larga da Telefônica ficou instável por quase uma semana. A operadora apontou ataque de crackers como o motivo para a instabilidade do Speedy

No começou de junho de 2009, foi a vez da telefonia fixa enfrentar problemas, deixando mudos os telefones de várias regiões do Estado de S. Paulo por 14 horas. Dessa vez, a Telefônica culpou um prestador de serviço, que cometeu uma falha humana, de acordo com comunicado distribuído pela operadora.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail