Home > Notícias

Telefônica faz parceria com empresa de instalação de PCs e eletrônicos

A TecTotal quer ser a GeekSquad do mercado nacional, vai operar no modelo pré-pago e tem planos de abrir lojas de atendimento 24h.

Nando Rodrigues, editor da PC World

08/04/2008 às 14h58

Foto:

A Telefônica e a Automatos Holding anunciaram hoje (08/04) a criação da TecTotal, empresa de prestação de serviços de instalação, integração e configuração de computadores e redes domésticas, além de equipamentos eletrônicos tais como TVs de alta definição, media centers e home theater. O negócio foi criado nos moldes da GeekSquad, da varejista norte-americana BestBuy.

A TecTotal é resultado de um investimento realizado pela Telefônica na Voki, incubada mantida pela diretoria de Inovação Estratégica da operadora de telefonia. “Segundo a IDC, em 2007, foi a primeira vez que o Brasil vendeu mais PCs do que televisores. Entendemos que existe um espaço muito grande para prestar serviços de integração na chamada casa digital”, explica Moyses Rodrigues, presidente do conselho da TecTotal.

“Na média, a complexidade tecnológica existente na casas [dos usuários finais] ainda não é grande, mas está aumentando muito rapidamente. E se ainda não é trivial encontrar uma casa conectada, existe o desejo de ver fotos na TV, de ter uma conexão Bluetooth ou Wi-Fi, de extrair o máximo que a tecnologia pode oferecer”, avalia Benedito Fayan, diretor de Inovação da Telefônica.

As empresas não divulgam o valor do investimento, mas confirmam que a participação da operadora é minoritária na nova empresa. Rodrigues também faz questão de mencionar que a iniciativa não está relacionada à operação da Virtus, anunciada recentemente.

Quanto custa
Em uma primeira etapa, a TecTotal vai operar por meio do sistema pré-pago. O cartão Tec PC, por exemplo, custa 119 reais e contempla a instalação, configuração e integração de um desktop ou notebook, mais três periféricos (exceto modem e roteador) e a instalação de até três softwares (com licenças legais).

++++

Pelo mesmo valor, pode-se comprar o cartão Tec Solução para resolução de problemas relacionados a software que podem envolver solução remota ou visita presencial. “Dependendo do problema, existe um limite para o número de visitas, mas o suporte por telefone e remoto é ilimitado”, diz Rodrigues. No caso dos eletrônicos, os preços variam de 149 reais a 499 reais. O atendimento, segundo o executivo, é realizado em até 24 horas.

De acordo com o executivo, menos de 10% dos problemas que afetam os computadores hoje estão relacionados a hardware ou software. “Na maior parte das vezes são falhas de usuários e de configuração e que podem ser resolvidas pelo acesso remoto”, explica.

Moyser Rodrigues lembra que uma parte dos serviços não será comprada diretamente pelos clientes finais e sim oferecida pelo fabricante, em parceria com a rede varejista, que inclusive podem subsidiar o valor da instalação e suporte.

Planejada inicialmente para atender necessidades das classes A e B, Rodrigues afirma que uma parte dos mais de 120 mil cartões já vendidos (em seis meses) foi para as classes C e D. “Esses consumidores compram os equipamentos parcelados e acabam incluindo o valor do serviço nas parcelas. Nossa meta é chegar a 500 mil cartões até o final deste ano”, projeta. Os cartões estão disponíveis para venda em cerca de 200 pontos, a maior parte nas redes varejistas que comercializam eletroeletrônicos, mas também podem ser adquirido pelo site da empresa.

Planos de expansão
Sem revelar quem são os parceiros na indústria de tecnologia nem de redes varejistas, Rodrigues diz que a TecTotal também negocia com provedores de acesso e com seguradoras – modalidade de atendimento que hoje é oferecida pela Porto Seguro –, e prepara para breve a oferta de contratação com pagamento mensal.

A idéia, segundo Rodrigues, é estender o atendimento para empresa de pequeno porte, com até dez computadores. “O pagamento seria feito por meio de cartões de crédito. Pagamento pela conta telefônica irá depender de uma negociação específica com a operadora”.

A TecTotal está presente em 350 cidades (principais capitais do País e grandes centros consumidores), com mão-de-obra própria – a empresa não divulga o número de funcionários –, conta com infra-estrutura de call center própria, utiliza um software de acesso remoto desenvolvido pela Automatos e tem planos de levar este modelo de negócios para outros países da América Latina. Também está em projeto a abertura de lojas de atendimento 24 horas nas principais cidades.

“Esta é a primeira parceria da Telefônica em um negócio deste tipo”, diz Fayan, diretor da operadora. Segundo ele, a empresa avalia o desenrolar da operação, mas considera este um modelo inovador. “Avaliamos fazer o roll-out da operação para a América Latina”, completa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail