Tempestade solar de efeitos “catastróficos” pode atingir a Terra em 100 anos

Seria a terceira maior tempestade geomagnética já registrada na história da ciência

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/tempestade-solar-de-efeitos-catastroficos-pode-atingir-a-terra-em-100-anos/
Clique para copiar

Um estudo recente do Serviço Geológico dos Estados Unidos e publicado na revista Space Weather faz um alerta preocupante: uma poderosa tempestade solar pode atingir a Terra nos próximos 100 anos e gerar consequências catastróficas para as comunicações do planeta. Segundo o relatório, que foi conduzido pelo físico Jeffrey J. Love, o evento pode causar falhas de satélites e apagões no mundo todo.

Para chegar a essa constatação, Love e sua equipe analisaram a intensidade das duas maiores tempestades geomagnéticas já registradas – a primeira em 1859, conhecida como Evento Carrington, e a sequente em 1921,chamada de Tempestade Ferroviária de Nova York. Ambas causaram problemas na rede elétrica, incêndios e geraram auroras em diversos locais do globo.

Com base no índice Disturbance Storm Time (Dst), que calcula o nível de perturbação do campo magnético da Terra, o Evento Carrington alcançou uma intensidade entre -850 e -1050 nanoteslas (nT), enquanto o evento posterior chegou a -907 nT. Para efeito de comparação, o índice Dst da Terra é de -20 nT; qualquer valor abaixo de -250 nT já é considerado propício para a formação de tempestades solares.

O que os físicos dizem é que uma terceira tempestade solar de grandes proporções pode ser ainda mais negativa do que os valores alcançados nos dois principais registros desse tipo de evento. “Tudo o que sabemos é que, com base em eventos anteriores, definitivamente nosso planeta poderá ser atingido [por uma nova tempestade solar], possivelmente dentro de 100 anos”, dizem.

As tempestades geomagnéticas são causadas por manchas e erupções solares, podendo acontecer com mais frequência e em um período de tempo mais curto do que a erupção de um vulcão ou queda de asteroide, por exemplo. É provável que uma nova tempestade solar nessas proporções não cause o apocalipse, mas pode gerar uma interrupção generalizada de vários serviços relacionados à tecnologia. Além disso, não é possível evitar esse tipo de evento – Love destaca que o que pode ser feito é tentar controlar ou diminuir seus efeitos, o que inclui desligar redes elétricas para causar menos estragos.

Fonte: Scientific American

tags

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site