Tentativa de espionagem via software cresce 228% no Brasil

Casos de stalkerwares aumentaram para 37 mil nos oito primeiro meses do ano

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/tentativa-de-espionagem-via-software-cresce-228-no-brasil/
Clique para copiar

De acordo com informações do relatório “A situação do stalkerware em 2019”, desenvolvido pela Kaspersky, os casos de stalkerwares – programas usados para espionagem – aumentaram para 37 mil nos oito primeiro meses do ano. Isso significa um aumento de 35% em relação ao mesmo período do ano passado.

A empresa também descobriu cerca de 380 variações de stalkerwares, que são capazes de acessar mensagens, fotos, redes sociais, localização, câmera e gravações de áudio de uma vítima. Alguns desses softwares até permitem o acesso remoto em tempo real.

Nos primeiros oito meses de 2018, foram encontradas 290 variações de stalkerware, porém, os números subiram para 380 no mesmo período do ano seguinte. O aumento representou o bloqueio desse tipos de software em aparelhos de 518.223 usuários ao redor do mundo.

“Nos últimos meses, nós nos empenhamos muito para melhorar as funcionalidades de detecção de stalkerware em nossos produtos e continuaremos fazendo isso junto com outros participantes do setor, como uma forma de apoiar a batalha contra a espionagem. Mas ainda temos problemas para resolver. Por exemplo, precisamos encontrar e concordar em uma definição de stalkerware que possa ser reconhecida por todo o setor. Isso ajudaria a diferenciar melhor esse tipo de software e, portanto, proteger melhor os usuários de invasores de privacidade”, revelou Vladimir Kuskov, especialista em segurança da Kaspersky.

Cerca de 37 mil usuários foram alvo de stalkerwares, apenas nos oito primeiros meses de 2019, sendo que em 2018 o número foi de 27 mil. O crescimento de tentativas de instalação dos programas é de 228%, já que aumentou de 1232 em 2018 para 4041 em 2019.

As dicas da Kaspersky para evitar a instalação de stalkerware são:

  • Bloqueie a instalação de programas de origem desconhecida nas configurações do seu smartphone
  •  Nunca revele a senha ou o PIN de seu dispositivo, mesmo para pessoas em quem você confia
  • Não guarde arquivos ou aplicativos desconhecidos em seu dispositivo, pois eles podem colocar sua privacidade em risco
  • Quando sair de um relacionamento, altere todas as configurações de segurança de seu dispositivo. Um ex-parceiro pode tentar adquirir suas informações pessoais para manipular você
  • Verifique a lista de apps no dispositivo para descobrir se foi instalado algum programa suspeito sem o seu consentimento
  • Use uma solução de segurança confiável, capaz de avisar sobre a presença de programas comerciais de espionagem, como o Kaspersky Internet Security
  • Se você acha que pode ser vítima de espionagem e precisa de auxílio, procure ajuda de uma organização profissional competente.

tags

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site