Home > Notícias

Teste de resistência: detonamos o iPad

Tablet da Apple é mais frágil que o iPhone; confira, em vídeo, como ele se saiu sendo jogado no chão, molhado, riscado, amassado...

PC World/EUA

05/04/2010 às 8h05

Foto:

Lançado no dia 3/4 nos Estados Unidos, o iPad já está nas mãos de muitos americanos (e de alguns brasileiros). Além de conhecer seus recursos (confira nossas primeiras impressões do produto), vale perguntar: ele é resistente? Afinal, por ser um equipamento portátil, as pessoas pretendem levá-lo para quase todo lugar.

Para responder essa questão, a PC World americana (publicação que pertence a o mesmo grupo que Macworld) realizou um teste de resistência pesado com o equipamento. Os especialistas jogaram o aparelho no chão, sentaram nele, jogaram água, bateram com uma bola de beisebol e muito mais, com o objetivo de simular os acidentes que podem acontecer com o equipamento durante o uso.

Conclusão: quem comprar um iPad deve levar um case para protegê-lo. O equipamento é mais frágil, por exemplo, que o iPhone (clique aqui e confira o teste de resistência feito com o celular da Apple).  Com alguns tombos em uma sala com carpete o aparelho já mostrou danos.

Não deixe de ler:
Tudo sobre o iPad - Teste, recursos, preços...


Embora a tela sensível ao toque tenha se comportado bem, continuando a funcionar mesmo depois de alguns tombos, uma faixa de pixels estranhos apareceu no topo da tela após jogarmos o equipamento no chão três ou quatro vezes.

E vale manter o iPad longe de líquidos. Nossa unidade de teste começou a ter problemas de funcionamento assim que derramamos café e água nele. A água entra no aparelho pelo conector de fone de ouvido. Em menos de dois minutos a tela parou de funcionar. Um problema para quem é desastrado e pensa em ler o equipamento enquanto toma seu café da manhã.

Mas vale destacar que sua tela se mostrou muito resistente nos testes. Apesar do esforço, ao simular situações corriqueiras, não conseguimos riscá-la. Só começou a mostrar sinais de danos após ser jogada algumas vezes em um piso de concreto (seria querer demais...). Já a parte traseira risca fácil. Chaves de fenda ou mesmo uma unha foram capazes de causar vários danos.

E se você esquecer deixou seu equipamento em uma cadeira ou poltrona e sentar nele? Não costuma ser um problema, pelo menos para um adulto com peso dentro da média. Ele resistiu bravamente.

De forma geral, ele mostrou ser uma máquina resistente, apesar de os problemas na tela com apenas algumas quedas no carpete sejam preocupantes, e de ficar atrás do iPhone nesse quesito.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail