Home > Dicas

Teste de velocidade: Windows 7 pode não ser tão mais rápido que o Vista

Embora o Windows 7 tenha sido melhor em nossos testes de laboratório, o usuário final talvez não perceberá a diferença

Nick Mediati, PC World / EUA

08/05/2009 às 14h30

windows_7_150.jpg
Foto:

windows_7_150.jpgMelhor desempenho é um dos principais objetivos da Microsoft com o Windows 7, e muitos reviews feitos anteriormente mostraram que o novo SO é, de fato, mais robusto que o Vista.

Porém, os testes feitos com o Windows 7 Release Candidate no Centro de Testes da PC World dos Estados Unidos mostraram que, enquanto o novo Windows fora parcialmente mais rápido com a suite WorldBench 6, as diferenças podem nem ser notadas pelos usuários.

Leia também:
> Windows 7 RC: respostas para as dúvidas mais frequentes
> XP continuará disponível mesmo após lançamento do Windows 7
> Vídeo mostra o Windows 7 em operação; confira
> Windows 7: saiba o que cada uma das seis versões trará
> Windows 7 RC: veja os destaques e as novidades da versão do sistema
> Download do Windows 7 RC

Nós carregamos o Windows 7 Release Candidate em três sistemas (dois desktops e um notebook) e então executamos a suíte WorldBench 6. Depois, comparamos esses resultados com os números gerados no WorldBench 6 nos mesmos três sistemas, mas com o Windows Vista.

Cada PC foi ligeiramente mais rápido quando executava o Windows 7, mas em nenhum dos casos a média geral do desempenho foi superior a 5%, o que seria o percentual mínimo para que essa mudança seja sentida pelos usuários comuns.

A maior diferença foi de 4 pontos – 102 para o Vista contra 106 do Windows 7, em um desktop HP Pavillion a6710t. As outras duas máquinas de teste mostraram um desempenho ainda mais similar: o desktop Maingear M4A79T Deluxe teve uma melhora de apenas 1 ponto (138 no Vista e 139 no Windows 7), e o notebook Dell Studio XPS 16 melhorou 2 pontos (97 no Vista e 99 no Windows 7).

win7rcspeed_overall.png

O WorldBench 6 consiste em um batalhão de testes envolvendo dez aplicativos comuns (incluindo o Microsoft Office, Firefox e Photoshop). Nos testes individuais, os resultados do benchmark tiveram uma pequena diferença na margem de pontos de um para o outro.

No entanto, uma notável exceção foi o caso do Nero 7 Ultra Edition, em que o Windows 7 conseguiu significativa melhora, alcançando de 12 a 26 por cento mais velocidade, dependendo do PC usado no teste.

Embora seja um teste que ainda deve ser confirmado, o laboratório da PC World notou que esta diferença pode ter ocorrido devido a uma atualização dos drivers do disco rígido no Windows 7.

Qualquer melhora no suporte ao disco do Windows 7 será mais percebido  em aplicações como o Nero, que utiliza de forma pesada o disco rígido. Os testes com o WinZip, outro programa que depende do HD, também mostraram melhoras no Windows 7.

Também identificamos uma notável melhora de 7 por cento na velocidade nos testes com o programa Autodesk 3ds Max 8.0 SP3 (DirectX), realizados com o desktop HP Pavillion com placa gráfica nVidia GeForce 9300 GE. Os drivers da nVidia parecem ser mais adequados ao Windows 7 do que ao Vista.

win7rcspeed_nero.png

Em contrapartida, cada uma das máquinas obteve uma pequena demora ao realizar os testes com o Microsoft Office e Firefox ao executar o novo sistema operacional - ao contrário do que aconteceu com o Windows Vista.

Mas é importante lembrar que executamos esses testes com o Release Cadidate do Windows 7. Embora as características principais do novo sistema não vão mudar na versão final, os engenheiros da Microsoft ainda podem encontrar formas de melhorar ainda mais o desempenho.

Mas se esses resultados se mostrarem consistentes com os da versão final do Windows 7, a notícia será decepcionante para os usuários finais. Uma das maiores reclamações sobre o Windows Vista foi o fato de que ele era mais lento do que o XP. Se o Windows 7 não mudar significativamente esta situação, ele pode não convencer os antigos usuários a emigrarem do XP.

Isso dito, ainda faltam algumas áreas que não foram cobertas por nosso teste – como tempo para iniciar a máquina – quesito no qual o Windows 7 pode surpreender o Vista por uma grande margem.  O melhor jeito de sentir a performance do Windows 7 é baixando o Release Candidate e fazendo um teste em sua máquina.

Como testamos
Utilizamos três computadores para este teste: um desktop Maingear M4A79T Deluxe, um desktop HP Pavillion a6710t e um notebook Dell Studio XPS 16. O poderoso Maingear vem equipado com 3.2GHz, um processador AMD Phenom II X4 955 Black Edition CPU com overclock em 3.71GHz, 4GB de RAM e placa gráfica dual ATI Radeon HD 4890.

Já o Pavillion vem com processador 2.6GHz dual-core Pentium E5300 com 3GB de RAM e placa gráfica nVidia GeForce 9300 GE. Por último, o notebook Dell Studio XPS 16, que vem equipado com processador 2.4GHz Intel Core 2 Duo, 4GB de RAM e placa gráfica ATI Mobility Radeon HD 3670.

Em todas as três máquinas, nós rodamos a suíte benchmark WorldBench 6 em uma instalação do Windows Vista Ultimate edição 32-bit com SP1 e repetimos o processo com o Windows 7 Ultimate Release Candidate (também na versão 32-bit). Nós atualizamos ambos os sistemas com o Windows Update e instalamos os drivers de hardware mais atuais disponíveis.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail