Home > Notícias

Tim Cook é o CEO mais bem pago, aponta WSJ

Com ganhos de US$380 milhões em salário e ações, diretor da Apple ficou na frente de rivais da Oracle, Motorola e CBS; magnata Rupert Murdoch é apenas 13° na lista

Da Redação

21/05/2012 às 20h09

Foto:

O CEO da Apple, Tim Cook, é o mais bem pago em seu cargo, de acordo com o jornal norte-americano Wall Street Journal, que publica uma lista anual dos “chefões” que mais ganham no mercado. Ainda segundo o veículo, Cook é o CEO mais bem pago pelo menos desde 2006, quando a Securities and Exchange Commission mudou as regras para informar os salários dos executivos.
 
Para alcançar essa marca, o substituto de Steve Jobs recebeu cerca de 380 milhões de dólares da empresa em 2011. O valor foi pago pela Apple em agosto, quando Cook foi nomeado CEO da companhia. A maior parte da quantia veio a partir de um bônus de um milhão de ações, avaliadas em 376,2 milhões de dólares – de acordo com a cotação das ações da empresa na época.
 
Vale lembrar que essas ações recebidas por Cook possuem restrições: ele não pode vender metade antes de 2016, e outros 50% só depois de 2012. De qualquer forma, a rápida valorização recente dos papéis da empresa fez com que o valor recebido pelo CEO subisse para 530 milhões de dólares.
 
Em uma declaração, a Apple afirmou que vê as ações como o pagamento para Cook pelos próximos 10 anos, em vez de apenas para 2011. Procurado pelo WSJ, um porta-voz da companhia se recusou a comentar o assunto.
 
timcook-dest-390
CEO da Apple é o mais bem pago, segundo WSJ
 
Rivais distantes
Como esperado, o segundo colocado na lista também vem de uma empresa de tecnologia: é o fundador da Oracle, Larry Ellison, que recebeu 76 milhões de dólares no ano fiscal que terminou em maio de 2011 – um aumento de 11% em relação ao que o executivo ganhou no ano anterior. O valor é a soma do salário mais um bônus de ações. Esse foi o terceiro ano seguindo em que Ellison apareceu como o segundo CEO mais bem pago na lista do WSJ.
 
Um pouco atrás ficou o CEO da emissora norte-americana CBS, Leslie Mooves, que embolsou 69,3 milhões de dólares no último ano. O quarto lugar da lista é ocupado por um ex-funcionário da Apple: Ron Johnson, atualmente à frente da J.C. Penney, recebeu 53,3 milhões de dólares pelos seus serviços prestados na rede varejista.
 
Em quinto lugar mais um nome do mundo da tecnologia, Sanjay Jha, da Motorola, recebeu 46,6 milhões de dólares no último ano.
 
Já o magnata das comunicações, Rupert Murdoch, recebeu 25,1 milhões de dólares no último ano por seu trabalho como CEO da News Corp (que detém o mesmo WSJ).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail