Home > Notícias

TSE convida hackers para testarem segurança da urna eletrônica no Brasil

Tribunal Superior Eleitoral permitirá que interessados promovam ataques contra sistemas da urna eletrônica entre os dias 10 e 13 de novembro.

Redação da Computerworld

10/09/2009 às 17h57

Foto:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizará o testes públicos para que qualquer brasileiro teste a segurança da urna eletrônica que será usada nas eleições em 2010.

Nesta sexta-feira (11/9), o TSE promove em sua sede, em Brasília, audiência pública com a presença do ministro Ricardo Lewandowski para convocar interessados  a participarem dos testes, que acontecerão entre os dias 10 e 13 de novembro.

A participação é aberta a qualquer interessado, mas o TSE diz que aguarda inscrições de profissionais das áreas de tecnologia da informação e engenharia. Segundo comunicado do TSE, inscritos poderão promover ataques nos sistemas para verificar se eles são falhos ou suscetíveis a violações e fraudes.

Os profissionais serão julgados de acordo com a contribuição que derem para os testes e para a segurança do sistema. A comissão julgadora será formada por especialistas da área que não pertencem à Justiça Eleitoral.

O TSE ainda concederá prêmios para os três melhores colocados. O primeiro ganha 5 mil reais, o segundo fatura 3 mil reais e o terceiro leva 2 mil reais. Os editais dos testes já foram publicados no Diário Oficial e estão disponíveis para consulta no site do TSE.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail