Home > Dicas

Tudo o que você precisa saber para comprar um Mac

Vai aproveitar o fim do ano para comprar um computador da Apple? Conheça as vantagens e desvantagens de cada modelo e saiba qual deles é mais adequado ao seu tipo de usuário

Macworld/EUA

27/11/2009 às 17h05

Foto:

O fim de ano está chegando e, com o décimo terceiro no bolso, muita gente resolve comprar seu primeiro computador ou trocar o atual. Se você está entre os que estão de olho em um novo  Mac, vale conferir o nosso especial, que mostra o que cada modelo oferece e qual se adapta às suas necessidades.

Veja também:

Tudo o que você precisa saber para comprar um iPod

MacBook
O modelo mais recente foi lançado pela Apple em outubro e trouxe várias mudanças em relação ao anterior. É  fácil perceber que o novo MacBook ganhou uma estrutura em monobloco com novo design.

Outra novidade é a bateria embutida no notebook devido o design em monobloco. Segundo a Apple, ela tem autonomia de até sete horas e meia e dura até 1.000 ciclos de recarga antes de perder 80% de sua capacidade.

A tela de 13,3 polegadas oferece resolução de 1280 por 800 pixels e, como todos os outros notebooks da Apple, é retroiluminada por LED, ao invés de lâmpadas fluorescentes de cátodo frio (CCFL, na sigla em inglês).

Os botões do trackpad foram removidos na nova verão e deram espaço para aumentar a área de toque. Todos os comandos são feitos com gestos multitouch. Outro diferencial é o uso de uma fina camada de vidro sobre o trackpad, que o torna mais agradável de usar.

O novo MacBook não tem porta FireWire, mas inclui Mini DisplayPort (anteriormente havia um conector Mini-DVI). Há mais duas portas USB 2.0, entrada para microfone e fones de ouvido, Gigabit Ethernet, alimentação MagSafe e um slot para bloqueio Kensington (sistema anti-furto).

143393-09macbook386_original.png

Configurações:

Há apenas uma configuração para o MacBook branco mais novo (mas algumas lojas ainda oferecem a versão anterior). Pelo preço de 2.999 reais você leva um equipamento com processador Intel Core 2 Duo 2.26 GHz, 2 GB de memória RAM DDR3, disco rígido de 250 GB, leitor e gravador de CDs e DVDs SuperDriver, chip gráfico integrado NVIDIA GeForce 9400 que compartilhar 256 MB de memória RAM.

Desempenho:
O MacBook igualou ou superou o MacBook Pro 13”
2.26GHz em quase
todos os testes feitos por Macworld. Em comparação com seu modelo
anterior, as melhorias foram de 5,5% para conversão de um arquivo MP3, 17% para
importação de fotos no Aperture, sete segundos mais rápido para um
conjunto de testes no Photoshop CS4 (12,5%), 13 segundos mais rápido
para importação de um arquivo no iMovie (10,4%) e nove segundos mais
rápido na descompactação de um arquivo no Finder (11%).
Confira os testes benchmark completos feitos por Macworld em comparação com os outros MacBooks.

Conselho de compara da Macworld:
Os benefícios do MacBook começam com a estrutura feita em monobloco. Ele fica mais leve, tem menos peças e maior durabilidade. Com as mudanças, é possível encará-lo como um "MacBook Pro sem FireWire e slot SD", por 600 reais a menos. Se os seus dispositivos (câmeras, discos externos e outros periféricos) são todos USB, a falta de FireWire não será um problema. Caso contrário, a versão Pro continua sendo mais adequada. Quanto ao desempenho, ele supera o modelo anterior, como esperado.

> Leia o review completo do MacBook

MacBook Pro
O design em monobloco de alumínio dos MacBooks Pro continua o principal atrativo dessa linha, que teve a última atualização em junho deste ano. A principal mudança anunciada na época foi a nova versão do notebook com tela de 13 polegadas, que se junta à família de 15 e 17 polegadas.

Além dos novo modelo de 13 polegadas, a Apple introduziu slots para cartões SD, ao invés dos slots para ExpressCard/34 (somente o MacBook Pro 17” mantém a porta ExpressCard/34, mas sem entrada para cartão SD). Todos os modelos possuem conexões FireWire 800.

A bateria dos modelos também é incorporada como nos MacBooks brancos, ou seja, insubstituíveis pelo usuário. De acordo com a Apple, a tela da nova geração de MacBooks Pro está com a escala de cores 60% melhor do que as versões anteriores. As cores ficaram mais vivas e o preto mais forte. O monitor de LED promove uma representação melhor de uma vasta gama de cores.

143888-macbookprosmid2009_original.jpg

Configurações:

No total, são seis configurações diferentes para o MacBook Pro. O MacBook Pro 13” vem com processador Core 2 Duo 2.26 GHz, 2 GB de memória RAM e disco rígido de 160 GB que custa 3.599 reais. Há também o MacBook Pro 13”com processador Core 2 Duo 2.53 GHz, 4 GB de memória RAM, disco rígido de 250 GB pelo preço de 4.899 reais. Ambos os modelos utilizam placa gráfica NVIDIA GeFoce 9400M.

Há três configurações para o modelo de 15 polegadas. Pelo preço de 5.999 reais, você recebe um portátil com processador Core 2 Duo 2.53 GHz, um disco rígido de 250 GB e uma placa de vídeo NVIDIA GeForce 9400M. A próxima versão vem com processador Core 2 Duo 2.66 GHz, um disco rígido de 320 GB e usa tanto a placa de vídeo NVIDIA GeForce 9400M quanto a NVIDIA GeForce 9600M GT com 256 MB de memória de vídeo dedicada e custa 6.799 reais.

A configuração mais avançada para o MacBook de 15 polegadas vem com processador Core 2 Duo 2.8 GHz, um disco rígido de 500 GB  e placas gráficas NVIDIA GeForce 9400M/NVIDIA GeForce 9600M GT com 512 MB de memória de vídeo dedicada pelo preço de 7.799 reais. Todos os modelos de MacBooks Pro de 15 polegadas acompanham 4 GB de memória RAM.

O MacBook Pro 17” tem um processador Core 2 Duo 2.8 GHz, 4 GB de memória RAM, disco rígido de 500 GB,  placas gráficas NVIDIA GeForce 9400M/NVIDIA GeForce 9600M GT com 512 MB de memória de vídeo dedicada e custa 8.599 reais. As versões de MacBooks Pro de 15 e 17 polegadas podem ser configuradas com tela antireflexiva com 190 reais adicionais.

Desempenho:
O MacBook Pro 17” foi o mais rápido em nossos testes com o Speedmark 6, porém, a versão topo de linha do MacBook Pro 15” não ficou muito atrás. Se você procura o MacBook Pro mais rápido, a sua escolha será um desses dois modelo,s que apenas diferem o tamanho da tela.

O desempenho do MacBook Pro 13” de 3.599 reais foi semelhante à do MacBook branco em alguns dos testes – em outros, o MacBook foi mais rápido. Se a dúvida for entre o modelo do MacBook 13” branco com o MacBook Pro 13”de alumínio, considere a opção de ter porta FireWire e, não mais importante, a preferência em possuir um MacBook de alumínio no lugar do plástico.

Exceto para o tamanho de tela diferente, o desempenho do MacBook Pro 13” (4.899 reais) para o MacBook Pro 15” (5.999 reais) foi o mesmo, pois ambos têm a mesma configuração.

Conselho de compra da Macworld:
Se você quiser economizar uma graninha e não vê motivos para usar a porta FireWire, o MacBook branco de 2.999 reais pode ser o melhor negócio em comparação com o MacBook Pro 13” de 3.599 reais. O modelo do MacBook Pro 13” (4.899 reais) com processador 2.53 GHz tem um bom custo x benefício e é semelhante ao modelo de 15 polegadas que custa 5.999 reais. Agora, se você quiser o MacBook Pro topo de linha com 15 ou 17 polegadas, terá de verificar se o preço do produto vai caber no orçamento.

> Leia o review o completo do MacBook Pro

Próxima página: MacBook Air

++++

MacBook Air
Procurando por um notebook muito compacto? O MacBook Air é a opção. Os modelos mais recentes do MacBook Air foram lançados em junho deste ano e, na parte externa, trouxeram mudanças mínimas em comparação com a geração anterior.

Internamente, as configurações mudaram radicalmente da primeira para a segunda geração. Mas da segunda para a terceira (a atual) pouco mudoe. A única grande mudança está relacionada com o processador.

131588-mbair_front.jpg

Configurações:
A Apple continua, desde a segunda geração dos MacBooks Air, com duas configurações para o portátil. A primeira delas custa 4.999 reais e vem com processador Core 2 Duo 1.86 GHz, 2 GB de memória RAM e um disco rígido de 120 GB. A segunda configuração custa 5.999 reais e vem com processador Core 2 Duo 2.13 GHz, 2 GB de memória RAM e uma unidade de estado sólido de 128 GB. Ambos os modelos acompanham uma placa gráfica NVIDIA GeForce 9400M.

Desempenho:
Nos nossos testes, o MacBook Air de 2.13 GHz foi um pouco mais lento que a versão antiga topo de linha, que tinha processador Core 2 Duo 1.86 GHz. O curioso é que  a atual versão de 1.86 GHz também está mais devagar que o antigo MacBook Air de 1.86 GHz.

Conselho de compara da Macworld Brasil:
Se você procura uma boa combinação entre preço e velocidade, o Air não é indicado para você. Ele é um notebook com preços altos e desempenho baixo. Há apenas uma porta USB, o processador é lento e o portátil está limitado a 2 GB de RAM. Não existe porta FireWire ou unidade óptica.

Agora, se você quer um notebook da Apple com pequenas dimensões, ele é a opção para você. Se estes modelos sempre chamaram sua atenção, mas o preço o impedia de comprá-lo, com a redução de valores, chegou a hora de pensar no assunto.

> Leia o review completo do MacBook Air

Mac mini

A linha Mac mini ganhou duas atualizações em um ano – a mais recente aconteceu no mês de outubro. O modelo é o menor desktop já vendido pela Apple. Com a última atualização, a Apple aumentou a memória RAM de 1 para 2 GB no modelo mais barato e aumentou a capacidade de armazenamento em 40 GB. Para a versão mais completa, a Apple aumentou de 2 para 4 GB de memória RAM.

139273-macmini2009_original.jpg

Configurações:

São duas configurações disponíveis no Brasil. A primeira delas, custando 1.999 reais, vem com processador Core 2 Duo 2.26 GHz e disco rígido de 160 GB. O Mac mini de 2.799 reais tem processador Core 2 Duo 2.53 GHz e disco rígido de 320 GB. Ambos os sistemas trazem uma placa gráfica NVIDIA GeForce 9400M. É importante lembrar que é necessário comprar separadamente um teclado, um mouse e um monitor para poder usar o computador.

Desempenho:
Com o processador de maior frequência da linha Mac mini, o Core 2 Duo de 2.53 GHz, o desktop ganhou melhor desempenho. Em 17 dos testes cronometrados feitos por Macworld, o Mac mini de 2.799 reais foi até 10% mais rápido que o de 1.999 reais.

Conselho de compra da Macworld Brasil:
O Mac mini é um computador voltado para o consumidor mais consciente sobre o valor do produto. Com as melhorias de desempenho da nova geração dos Mac minis, você pode tirar o máximo proveito do pacote iLife ’09. Mas, novamente, na hora de fazer as contas, lembre-se que é preciso investir nos periféricos

> Leia nosso teste completo com o Mac mini

iMac

Os computadores tudo em um da Apple também ganharam atualizações no mês de outubro com novo design e novo tamanho de tela (21,5 e 27 polegadas). Mas se o seu sonho for ter o novo modelo de iMac, terá de esperar algumas semanas, pois o lançamento para o Brasil ainda não aconteceu – a previsão é que comecem a ser vendidos até o fim do ano.

Os novos iMacs ganharam telas retroiluminadas por LEDs, o que traz ótima qualidade de imagem em qualquer ângulo. Outra novidade é a entrada para cartões de memória SD ao lado do SuperDrive.

A versão de 27 polegadas também traz uma conexão Mini DisplayPort com recurso video-in. Com ela, é possível conectar uma fonte externa de vídeo, como um MacBook, player de Blu-ray ou mesmo um Playstation 3 para visualizar as imagens desses equipamentos no telão.

143407-fall09_imacs_original.jpg

Configurações:
São quatro novas configurações de iMacs: dois modelos de 21,5 polegadas e dois de 27 polegadas. Um dos modelos de 27 polegadas é o primeiro iMac que usa um processador de quatro núcleos (Intel Core i5 de 2.66GHz).

O primeiro iMac 21,5”, custando 4.699 reais, traz processador Core 2 Duo 3.09 GHz e um disco rígido de 500 GB. O segundo modelo de 21,5” custa 5.599 reais e só muda o armazenamento para 1 TB.

Um dos iMacs de 27 polegadas vem com processador Core 2 Duo 3.06 GHz e disco rígido de 1 TB pelo preço de 6.299 reais, já o segundo modelo vem equipado com um processador quad core i5 2.66 GHz e placa gráfica ATI Radeon 4850 com 512 MB. Seu preço é de 7.399 reais. Todos os novos iMacs incluem  4 GB de memória RAM.

Desempenho:
Comparando os novos iMacs com os modelos de 24 polegadas lançados no início de 2009, notamos ligeira diferença de performance. Se você não é um jogador fanático por games 3D, não há necessidade de gastar 700 reais a mais pelo modelo do iMac de 21,5 polegadas com a placa gráfica da ATI, por exemplo.

Com desempenho semelhante, o grande atrativo dos novos equipamentos, principalmente da versão de 27 polegadas, fica por conta da ótima qualidade de imagem em qualquer ângulo, além de sistema de alto-falantes melhorado e novo slot para cartão SD.

Para quem procura melhor desempenho, o iMac com processador Intel i5 demonstrou ganhos significativos em relação ao modelo anterior. Ele até superou até o Mac Pro 8-core

Conselho de compra da Macworld:

O iMac Core i5 2.66 GHz oferece melhor performance na maioria das tarefas, quando comparado com o Mac Pro quad-core de 2.66 GHz. Ele também tem mais memória e mais espaço de armazenamento no disco rígido – sem falar que custa 900 reais a menos. Se você tem um iMac da geração anterior, a melhoria de processamento e de tela são bons incentivos para a migração. E se você possui um iMac de primeira geração, com certeza vale a atualização.  E se você vai comprar um com tela de 27 polegadas, vale partir para o modelo com Core i5.

> Leia o review completo dos iMacs 21,5”e 27”
> Leia o review completo do iMac Core i5 (27")

Mac Pro

A linha de computadores da Apple topo de linha é chamada  Mac Pro, como o nome sugere, para uso profissional. A última atualização aconteceu em março deste ano. O Mac Pro Quad-Core substitui seu modelo antecessor com um processador Quad-Core Intel Xeon Nehalem 2.66 Ghz. A segunda versão (Mac Prox 8-Core) já traz dois processador Quad-Core Intel Xeon Nehalem 2.26 GHz.

Eles também estão com novas placas de vídeo: NVIDIA GeForce GT 120 com 512 MB.

novomacpro

Configurações:

O primeiro Mac Pro Quad-Core 2.66 GHz Intel Xeon tem 3 GB de memória RAM e um disco rígido de 640 GB pelo preço de 8.299 reais. O segundo modelo tem um par de processadores Quad-Core 2.26 GHZ Xeon, 6 GB de memória RAM e disco rígido com 640 GB por 10.999 reais.

A vantagem dos Macs Pro é a customização do computador. É possível adicionar até 16 GB de memória RAM, preencher mais três baias com novos discos rígidos e configurá-los com RAID, inserir um segundo SuperDrive e usar um processador adicional Intel Xeon 2.93 GHz.

Desempenho:
Como era de se esperar, os Macs Pro são os mais rápidos da empresa. Os Macs Pro obtiveram uma pontuação de mais que o dobro, em  comparação nos testes do Speedmark 6 com os Mac minis de 2 GHz lançados no início do ano.

No entando, o iMac de 27 polegadas com processador Intal Core i5 é tão rápido quanto um dos Mac Pros. Fazendo as escolhas certas dos componentes internos, você poderá poupar algum dinheiro.

Conselho de compara da Macworld:
Os novos Mac Pros, com sua tecnologia de ponta em processadores Nehalem, estão aptos a executar mais tarefas em um tempo menor, mesmo tendo processadores com velocidades menores. E seu novo design interno torna a adição de discos rígidos, memória, e placas PCI Express 2.0 mais fácil do que nunca. O Mac mais expansível é a plataforma profissional para usuários poderosos.

> Leia o review completo dos Macs Pro

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail