Home > Notícias

TV no celular é desejo de consumo de 44% dos usuários, diz estudo

Estudo encomendado pela Ericsson e pela CNN mostra que usuários pretendem adotar a TV no aparelho móvel nos próximos dois anos.

Taís Fuoco, editora do Computerworld*

13/02/2008 às 9h17

Foto:

selo_mobile_congress_entradaAssistir à TV aberta no celular, um dos temas mais discutidos durante o Mobile World Congress esta semana em Barcelona, parece ser um objeto de desejo dos consumidores. Essa foi uma das conclusões de uma pesquisa encomendada pela Ericsson e pela rede CNN para avaliar o comportamento do consumidor em relação a esse serviço.

Os executivos de operadoras brasileiras que visitam a feira para acompanhar as últimas novidades se mostraram interessados nas demonstrações que viram até agora de plataformas de TV no telefone móvel, segundo relato de alguns fabricantes.

> Leia mais sobre o Mobile World Congress

Como o Brasil entra agora na terceira geração, o que permite a oferta de banda larga no celular, esse é um dos serviços apontados pelos especialistas como com grande potencial de apelo enquanto o consumidor estiver em viagens e deslocamentos. Além disso, o momento coincide com aquele em que o País ingressa na TV digital e o governo brasileiro adotou um modelo que permite a mobilidade.

A TIM, por exemplo, já informou que pretende lançar os serviços de terceira geração até março com a opção da TV, enquanto a Vivo e a Claro têm assistido demonstrações da TV móvel e conversado com distribuidores de programação na feira.

Segundo a pesquisa apresentada pela Ericsson e CNN, 34% dos entrevistados colocam a TV como um dos serviços mais desejados no celular e 44% informam, inclusive, a intenção de adotar a TV no aparelho móvel nos próximos dois anos.
++++
Em uma coletiva de imprensa no primeiro dia do evento, o presidente mundial da Ericsson, Carl-Henric Svanberg, afirmou que o mundo caminha para a TV personalizada, individual, em que cada um escolhe a programação, o aparelho e o horário em que quer assistí-la.

Entre os que já adotaram o recurso, segundo o estudo, 24% dos atuais usuários de TV móvel assistem programação diariamente e mais da metade (52%) assistem a pelo menos um programa por semana. Entre os conteúdos procurados, 77% buscam notícias e 48% querem agenda de eventos, como programação de cinema e teatro.

A CNN lançou um serviço noticioso pelo celular em 2007, o CNN Mobile. Além de boletins de notícia pela TV, os assinantes recebem blogs dos correspondentes internacionaisselo_mobile_congress_02 em seus telefones móveis. A rede televisiva informou que pretende usar os dados da pesquisa para embasar sua estratégia de oferta de novos conteúdos pelo celular.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail