Home > Notícias

Twitter libera uso dos aplicativos Twidroyd e UberSocial

Aplicativos foram "bloqueados" no fim de semana pois desenvolvedora teria violado termos relativos à privacidade e uso de marca registrada

Network World/EUA

21/02/2011 às 10h38

Foto:

O Twitter afirmou no domingo (20/2) que liberou o uso dos
aplicativos UberSocial (antigo UberTwitter) e Twidroyd, ambos da UberMedia, depois de bloqueá-los na sexta-feira (18/2), em resposta ao que o
Twitter definiu como quebra de seus termos de serviço.

Na noite de domingo, no entanto, os apps de Twiter da
UberMedia para iPhone (UberSocial e UberCurrent) ainda não tinham voltado.

O Twitter escreveu, em seu blog de suporte: “Nós demos novamente
aos desenvolvedores do Twidroyd e do UberSocial para BlackBerry (antigo
UberTwitter) acesso à API do Twitter. Nossa análise preliminar indica que foram
tomados passos para consertar as violações cometidas por essas aplicações.”

“Assim que o desenvolvedor atualizar o twidroyd e o
UberSocial, você será capaz de baixar as atualizações para acessar novamente
os tweets a partir dessas aplicações”, completou a empresa.

O empresário Bill Gross, que supervisiona a UberMedia, afirmou via Twitter ter ficado feliz em dizer que os apps voltaram a
funcionar e conclamou os usuários a “espalhar a notícia”.

A UberMedia mudou o nome de seu app UberTwitter para
UberSocial como parte do acordo com o Twitter para alinhar seus
populares clientes Twitter às exigências do microblog.

Onda social
O Twitter afirma que já suspendeu “centenas de aplicações" que
violaram suas políticas de privacidade e de uso de API, mas a decisão do site de
suspender o popular UberTwitter, UberCurrent e Twidroyd disparou uma onda
enorme na rede social na sexta.

À CNNMoney, o Twitter afirmou na sexta que as violações da
UberMedia envolveram uma questão de privacidade a respeito das DMs (Direct
Messages, ou mensagens diretas) que eram muito longas, mais infrações de marcas
registradas e a mudança do conteúdo dos tuites dos usuários para ganhar
dinheiro.

O termo “#ubertwitter” saltou à frente dos trending topics
do Twitter, à frente de “Queen Gaga” e dos termos relacionados ao Radiohead “Thomas
Yorke” e “Lotus Flower”, à medida que a notícia do bloqueio dos apps se
espalhava pela web. Os usuários do UberTwitter inundaram o Twitter com apelos
para que a situação fosse resolvida.

O UberTwitter foi projetado inicialmente para smartphones
BlackBerry, da RIM, mas também está disponível para iPhones, da Apple; já o Twidroyd é utilizado em aparelhos com o sistema Android.

A UberMedia tem estado bastante ativa ultimamente. A
empresa comprou o site de mídia social Mixx no começo do ano e está em processo
de compra da TweetDeck. Ela também levantou 17,5 milhões de dólares em uma
rodada de captação de investimentos liderada pela Accel Partners.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail