Home > Notícias

Twitter pode ser usado por terroristas, dizem militares

Militares dos EUA temem que a ferramenta ajude na articulação de movimentos ilegais, além de dar espaço a extremistas.

Computerworld/EUA

27/10/2008 às 11h41

Foto:

Um estudo da Army Intelligence dos Estados Unidos revela que o Twitter tem grande potencial de uso por terroristas e usuários que desejam divulgar posições extremistas. O grupo analisou diversos posts no serviço de microblogging, constatando de que a rede social abriga, por exemplo, mensagens contra e a favor do Hezbollah.

Aparentemente, a principal preocupação do grupo é que o Twitter seja usado por terroristas para coordenar ações e selecionar alvos potenciais. A conclusão veio após os militares analisarem como o Twitter foi utilizado em protestos na Convenção Nacional Republicana em setembro. Ali, os protestantes que lutavam com a polícia do lado de fora do evento usaram celulares para publicar posts no serviço, coordenando como despistar os policiais e enviar medicamentos às vítimas de gás lacrimogênio.

A preocupação vai um pouco além. A pesquisa enumera também, na categoria de possíveis ‘terroristas’, comunistas, anarquistas, vegetarianos, ateístas e outros, que se comunicam entre si ou enviam mensagens a audiências mais amplas. Em um ano, a audiência do Twitter cresceu 343% nos Estados Unidos, segundo a Nielsen.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail