Home > Notícias

Twitter vai limitar número de seguidores como forma de barrar spam

Fundador do Twitter anuncia série de medidas para evitar uso inadequado do serviço de microblogging.

Redação do IDG Now!

12/08/2008 às 11h58

Foto:

O serviço de microblogging Twitter detalhou nesta segunda-feira (11/08) medidas que pretende tomar ainda sem prazo definido para combater o crescente volume de spam entre usuários do serviço.

Ainda que não diga com todas as palavras, o Twitter sugere que inscritos no serviço poderão acompanhar as atualizações de outros usuários na mesma relação de seguidores que acompanham as suas atualizações, conceitos chamados de "follows" e "followers", respectivamente.

Spam no serviço, explica um post publicado no blog oficial do Twitter, consiste em seguir muitas pessoas simplesmente para ganhar atenção, com repetidas visualizações de perfil e cliques no site indicado.

Segundo o Twitter, muitos destes usuários ameaçam a estabilidade do serviço pelo grande número de adições em um curto tempo.

"Não existe certo ou errado. Nós fazemos nosso melhor para ter uma abordagem multidimensional. Analisamos uma série de fatores - incluindo quantas pessoas lhe seguem de volta - antes de aplicar os limites", afirmou no blog o fundador do serviço, Evan Willians.

Usuários do Twitter reclamaram no FriendFeed de restrições perto dos 2 mil "followers".

"Este ainda é um trabalho em progresso. A notícia boa para a maioria dos usuários é que estamos tomando medidas para reduzir o lixo no sistema que estão funcionando", continua.

Além de spammers, o Twitter também começa a enfrentar ameaças de segurança que são veiculadas pelo serviço - a fabricante Kaspersky anunciou na semana passada que o primeiro phishing disfarçado de perfil do Twitter foi criado no Brasil.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail