Home > Notícias

UE determina que Google guarde imagens do Street View por apenas 6 meses

Objetivo das autoridade é pressionar a empresa a limitar a utilização de imagens do serviço de localização.

Carrie-Ann Skinner, da PC Advisor/Reino Unido

26/02/2010 às 14h09

Foto:

Autoridades da agência de proteção de dados da União Eropeia notificaram o Google, por carta, para que corte pela metade o tempo em que deixa disponível as imagens capturadas parar o serviço Google Street View. Em vez de um ano, as imagens só deverão estar disponíveis por seis meses.

Desde que estreou em 2007, o Google Street View tem recebido várias acusações de invasão de privacidade pelas fotos colocadas à disposição no serviço. As críticas partem principalmente de países da União Europeia, como Inglaterra, Grécia e Alemanha.

Na carta, obtida e tornada pública pela Bloomberg, as autoridades europeias recomendam ainda que o Google informe com antecedência, pelos meios de comunicação locais, o início dos trabalhos de captura das imagens em novos locais. "Na Europa, temos um nível elevado de proteção de dados. Espero que todas as empresas estejam de acordo com elas", disse a comissária europeia Viviane Reding.

O Google contestou a determinação. "A
necessidade de reter as imagens capturadas é legítima e se justifica, para garantir a qualidade e a precisão de nossos mapas, melhorar a
nossa capacidade de correção de erros, bem como a
utilizar os dados já coletados para criar produtos de mapas melhores para
nossos
usuários ", disse
Peter Fleischer, advogado da empresa. Segundo ele, há um compromisso público de um período de retenção de 12 meses, a contar
da data em que as imagens são publicadas no Street View, e este será o prazo continuará a ser mantido.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail