Home > Notícias

União Europeia testa aparelho portátil para diagnóstico de câncer

Aparelho ainda está em fase de testes e precisa ser conectado a computador com câmera ou celular para realizar exames.

Redação da The Industry Standard / EUA

22/01/2009 às 23h28

Foto:

Um projeto financiado pela União Européia pode criar um aparelho portátil com tecnologia suficiente para fazer testes de laboratório a partir de aparelhos portáteis - e com baixas taxas de erro. De acordo com a publicação especializada Medical News Today, um dos grandes trunfos do aparelho será capaz de analisar amostras de DNA em tempo real, sem a necessidade de coletar sangue ou outras amostras.

A amostra de DNA é introduzida no aparelho, que a coloca dentro de um microchip. O aparelho então precisa ser conectado um computador com câmera - pode ser um laptop ou um telefone portátil - para capturar a imagem e completar a análise.

"Estamos desenvolvendo um sistema relativamente barato, fácil de usar e portátil, que pode trazer muitos benefícios para a área clínica", disse Gianluca Vezzani, coordenador do projeto, em entrevista à Medical News Today. Segundo Vezzani, o Smart-Biomems poderá ser usado em várias situações diferentes. Por enquanto, o protótipo desenvolvido tem o objetivo de detectar câncer.

As tecnologias portáteis têm chances de se tornarem uma ferramenta importante para a medicina. Recentemente, um aparelho similar foi criado para realizar testes de HIV em telefones celulares. O aparelho também precisa ser conectado a um celular com câmera, que faz a análise da amostra e determina se a pessoa está contaminada ou não. Apesar de ainda estarem em um estágio inicial, esses aparelhos podem ajudar a identificar e tratar mais rapidamente em regiões rurais e distantes dos grandes centros, onde os tratamentos médicos são limitados.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail