Home > Dicas

Use flash drive para desafogar a memória RAM de seu PC com Vista

Recurso ReadyBoost do sistema operacional permite usar memória flash para melhorar desempenho do computador.

Fernando Petracioli, especial para PC World

07/11/2008 às 17h27

aumentar_memoria_150.jpg
Foto:

Reportagem feita a partir de dúvida de leitor; saiba mais

aumentar_memoria_150A memória RAM é um dos recursos mais importantes de um computador. Em trabalho coordenado com o processador, ela determina a capacidade de o PC conseguir rodar determinados programas e sistemas operacionais, e com que velocidade isso será feito.

Para se ter uma idéia, a escassez de RAM pode fazer com que seu sistema vá buscar socorro no HD, utilizando-o como memória virtual numa situação de sufoco. E isso acaba prejudicando o funcionamento geral da sua máquina, pois a velocidade de acesso às informações armazenadas na memória RAM é significativamente mais alta do que no acesso ao disco rígido.

Leia também: 
> Identifique problemas que deixam o PC mais lento
> Faça o Windows trabalhar por você
> Turbine o boot do PC ou notebook
> Ajude o PC  a reconhecer toda a memória RAM instalada
> 8 maneiras de turbinar seu PC

Assim, se seu computador está com pouca memória RAM, o ideal seria que você instalasse mais. Mas é claro que isso custa dinheiro – 1 GB pode chegar a quase 200 reais.

No entanto, existe uma alternativa mais barata – ou até gratuita. Se você usa o Windows Vista, saiba que esse sistema operacional tem um recurso chamado ReadyBoost, que pode ser uma opção à compra de mais pentes de RAM.

Essa funcionalidade permite que você use a memória de dispositivos flash em favor da memória cachê do computador. Quando você pluga um pen drive, por exemplo, em um PC com Vista, o próprio sistema operacional sugere essa ação automaticamente – num menu com as outras opções possíveis.

ready_boost_350

Caso a sugestão automática não aconteça, você pode clicar com o botão direito na raiz do drive por meio do Windows Explorer e solicitar a ativação do recurso.

Ao usar o ReadyBoost, o desempenho de seu computador deve melhorar. Você pode utilizar desde um pen drive até um cartão SD ou CompactFlash – esses últimos são melhores opções para notebooks por serem internos.

O que você deve fazer
É evidente que o seu dispositivo deve estar vazio para que toda sua memória seja usada nessa funcionalidade. A Microsoft recomenda, para otimização máxima de performance, a proporção de 1 para 1 entre a quantidade de RAM do seu PC e a capacidade de sua memória flash  – apesar de a empresa fazer a ressalva de que a melhora no desempenho depende das especificidades de cada computador.

Assim, caso seu sistema tenha 1 GB de memória, o ideal seria usar mais 1 GB num pen drive, por exemplo.

Mas fique atento ao dispositivo que irá plugar em seu PC. Você deve usar um flash drive rápido, caso contrário o recurso não vai funcionar e você pode até ter que ouvir um aviso do Windows dizendo que seu drive não é rápido o bastante para trabalhar com o ReadyBoost.

Nem pense em entrada USB que não seja 2.0; e procure utilizar drives com taxas de transferência de pelo menos 3,5 megabytes por segundo. PC World fez testes com alguns flash drives e checou se houve melhora do desempenho dos sistemas.

Ah, infelizmente não é possível usar mais de um dispositivo para ‘turbinar’ o ReadyBoost. Apenas um drive de flash por vez.

E por que isso funciona?
Ora, sabe-se que a velocidade de leitura e gravação em memórias flash é mais lenta do que num HD normal. No entanto, o fato de as informações num disco rígido geralmente estarem muito fragmentadas e espalhadas em porções randômicas pode dar vantagem aos dispositivos flash.

Assim, o Windows Vista pode ser ajudado ao colocar no flash drive arquivos que normalmente estariam no HD, obtendo, dessa forma, mais fácil acesso aos mesmos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail