Home > Notícias

USP desenvolve projetos para simplificar a compreensão de textos

Aplicativos Facilita e Simplifica são voltados a leitores e produtores de conteúdo para reduzir barreiras lingíisticas.

Redação do IDG Now!*

31/08/2009 às 8h50

Foto:

A equipe do projeto PorSimples, da Universidade de São Paulo (USP), criou dois protótipos de ferramentas computacionais para simplificar a criação e compreensão de textos.

O primeiro projeto, chamado Facilita, tem por objetivo simplificar a linguagem de textos em português disponíveis na internet e, com isso, facilitar a compreensão das informações para crianças e adultos em processo de alfabetização ou até pessoas com algum tipo de deficiência de leitura.

O segundo projeto é o editor Simplifica, destinado a produtores de conteúdo (escritores, professores e jornalistas, entre outros) que queiram criar textos simplificados adequados ao mesmo público.

Os trabalhos são coordenados por Sandra Maria Aluísio, professora do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP. A ideia dos projetos é reduzir a complexidade linguística dos textos, substituindo palavras raras (menos frequentes) por palavras mais comuns ou reorganizando frases longas e complexas, além de outras adaptações.

A equipe do projeto é formada por pesquisadores do Núcleo Interinstitucional de Linguística Computacional (NILC) da USP, que desenvolve aplicações, ferramentas e recursos de processamento de linguagem natural (PLN), e por pesquisadores do grupo Intermídia, também da USP.

Também participam profissionais da área de Interação Humano Computador (IHC) e acessibilidade na web. O grupo conta ainda com a colaboração de uma psicolinguista, de linguistas em geral e de estatísticos para a avaliação em larga escala da tarefa de simplificação textual.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail