Home > Notícias

Usuário acusa Apple de “enriquecimento injusto” por cobrança no iTunes

Morador de Nova York entrou com processo de classe contra a empresa nos EUA por suposta cobrança dupla de música; usuário diz que companhia se negou a reembolsá-lo

Macworld / Reino Unido

04/05/2012 às 12h16

Foto:

A Apple está sendo alvo de um processo de classe que alega que a empresa realizou cobrança dupla em compras feitas na iTunes Store.

O autor do processo é Robert Herskowitz, de Nova York, afirma que foi cobrado duas vezes pela música “Whataya Want From Me”, de Adam Lambert, e que a Apple negou um reembolso após contato com a empresa de Cupertino.

De acordo com Herskowitz, a resposta enviada pela Apple dizia: “Seu pedido por um reembolso pela música 'Whataya Want from Me' foi cuidadosamente considerado; no entanto, de acordo com os Termos de Venda na iTunes Store, todas as compras feitas na iTunes Store são inelegíveis para reembolso. Essa política está de acordo com a política de reembolso da Apple e fornece proteção para materiais com direitos reservados.”

De acordo com os advogados de Herskowitz, não há nada nos termos de venda da Apple que afirme que os reembolsos não podem ser feitos. Clique aqui para saber mais detalhes do caso.

O processo acusa a Apple de enriquecimento injusto e quebra de contrato. Herskowitz está em busca de reparação por danos para qualquer pessoa que já tenha sido cobrada de maneira injusta no iTunes, informa o site especializado Justia.com.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail