Home > Notícias

Usuários da extinta MSN Music terão suporte da MS por mais três anos

Loja saiu do ar em 2006 e, com DRM PlaysForSure, usuários só teriam até agosto para transferir faixas de PC com licença da MS.

IDG News Service/Reino Unido

19/06/2008 às 10h00

Foto:

A Microsoft estendeu por mais três anos o suporte ao serviço MSN Music, garantindo mais tempo para os usuários salvarem suas músicas em outros dispositivos antes que a empresa mude seu rumo definitivamente.

Em 2011, a empresa decidirá, baseada na demanda pelo serviço, se continuará a oferecê-lo. Para a autenticação das faixas, a Microsoft continuará com suporte à tecnologia DRM (digital rights management).

> Internet promove artistas independentes

As músicas vendidas no MSN Music - serviço oferecido somente nos Estados Unidos - usavam o DRM “PlaysForSure” da Microsoft, que exigia uma licença dos servidores da Microsoft se um usuário transferisse as faixas a um novo PC ou dispositivo.

A loja MSN Music, contudo, foi fechada em novembro de 2006, quando a Microsoft lançou um novo serviço com enfoque em seu player Zune.

Em abril deste ano, a empresa disse que só daria suporte às músicas do MSN Music até 31 de agosto - o que significa que os usuários não poderiam transferir as faixas para um novo PC se atualizassem o hardware.
++++
Na época, a decisão enfureceu usuários e organizações, como a Electronic Frontier Foundation, que pediu reembolso aos usuários.

O DRM “PlaysForSure”, que a Microsoft renomeou de “Certified for Windows Vista”, possui regras ultrapassadas em relação ao ato de queimar CDs com as músicas ou transferí-las a outros dispositivos.

O Zune Marketplace, por sua vez, vende faixas com o Windows Media DRM 10, e parte do conteúdo no formato MP3 não é protegido, já que a indústria considera a hipótese de vender faixas sem DRM - graças à censura dos usuários.

A iTunes Music Store da Apple - que acaba de completar 5 anos - e a Amazon.com já vendem conteúdo sem DRM. Em 2009, chega no Brasil um rival do iTunes, a Nokia Music Store.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail