Home > Notícias

Usuários de Mac e Windows são vítimas de ataques com URLs maliciosas

Ataque inclui URLs maliciosas em área de transfência com anúncios em flash que enganam usuários.

Computerworld/EUA

20/08/2008 às 15h22

Foto:

Anúncios maliciosos em Flash estão infectando os usuários de Mac e Windows por ataques com URLs, afirmaram pesquisadores na terça-feira (19/08).

Os scripts ‘envenenados’, inseridos no ecosistema de anúncios online, estão armazenando as URLs nas áreas de transferência dos usuários, disse o consultor sênior de tecnologia da Sophos, Graham Cluley.

“Consideramos que estão tirando proveito da tecnologia Flash, pela sua facilidade de incluir conteúdo nesta área”, afirma Cluley. O método mais provável de ser usado, segundo outro pesquisador da Sophos, é o comando em Flash “setClipboard”.

Segundo Cluley, os usuários revelam encontrar URLs estranhas em suas áreas de transferência após visitar sites legítimos, o que o levou à conclusão de que os anúncios estavam contaminados. “Inserir anúncios maliciosos no sistema não é uma tática comum”, garante o consultor.

O próximo passo para a infecção fica por conta do usuário, explica Cluley. “As pessoas colam links o tempo inteiro”, constata. E, uma vez que a URL maliciosa for acessada pelo browser, a pessoa é levada ao site que está distribuindo os malwares.

Os usuários podem apagar a memória da área de transferência fechando o navegador ou, em alguns casos, fechando só a aba com o anúncio infectado.

Um consultor detalhou, na semana passada, as falhas existentes em chips da Intel que permitem ataques remotos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail