Home > Notícias

Usuários protestam e Google altera termo de uso do browser Chrome

Após protestos online por licença irrevogável e perpétua sobre conteúdo publicado pelo Chrome, termos de uso são alterados.

Redação do IDG Now!

04/09/2008 às 10h22

Foto:

O Google mudou o contrato de uso do navegador Chrome após protesto sobre uma cláusula que supostamente transferia ao buscador direitos totais sobre conteúdo publicado pelo usuário por meio do browser.

Na versão original dos termos de uso, o artigo 11 dava ao Google "uma licença irrevogável, perpétua, mundial, isenta de royalties e não exclusiva para reproduzir, adaptar, modificar, traduzir, publicar" conteúdos publicados pelo usuário dentro do Chrome.

Mais sobre o browser do Google:
> Chrome é mais rápido que Firefox e IE
> Review: confira a avaliação do Chrome
> Chrome está vulnerável a ataque
> Google lança Chrome no Brasil
> Conheça os recursos do Google Chrome
> Screenshots do Google Chrome
> Microsoft: concorrência é positiva
> Análise: Google desafia Microsoft
> Quadrinhos revelam browser do Google
> Enquete: por que você usaria o Chrome?
> Mozilla: browser do Google não é surpresa

"Tudo bem, temos outra teoria da conspiração para desmontar. Após ler o Termo de Serviço do Chrome, algumas pessoas estão preocupadas que o Google está tentando tomar os direitos de tudo que você faz no Chrome", afirmou Matt Cutts, líder da divisão Antispam do Google, em seu blog.

Cutts pediu explicações para a conselheira sênior de produtos do Google, Rebecca Ward, que afirmou que o buscador estava trabalhando para remover determinada linguagem do artigo 11 dos termos.

No final desta quarta-feira (03/09), o Google oficialmente mudou o documento, abrindo o artigo com a frase "Você retém direitos autorais e quaisquer outros direitos que ká possui sobre Conteúdo enviado, publicado ou reproduzido em ou por Serviços". Segundo Ward, o novo texto terá validade retroativa, atingindo aqueles que baixaram e já usam o navegador.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail