Home > Notícias

Usuários relatam problemas de superaquecimento com novo iPad

De acordo com site Next Web, tablet informa que "precisa ser resfriado" ao ser utilizado ao ar livre; aparelho foi lançado na última sexta (16/3)

Macworld / Reino Unido

19/03/2012 às 11h24

Foto:

O novo iPad, que chegou oficialmente às lojas de dez países na última sexta-feira (16/3), já é alvo de reclamações dos usuários, que afirmam que o aparelho está superaquecendo. Em alguns casos, aparentemente, os ansiosos donos do novo tablet da Apple ficam desapontados ao verem um alerta de temperatura, afirmando que o dispositivo está quente demais para ser utilizado. 

De com informações do site The Next Web, a mensagem afirma que o iPad “precisa esfriar antes que você possa usá-lo” (‘iPad needs to cool down before you can use it’, no original em inglês). 

Os casos do problema são muito variados, com diversos usuários afirmando que a parte inferior esquerda, quando o aparelho está em modo retrato, é o lugar mais quente. Utilizar o iPad ao ar livre, em contato direto com a luz do sol, parece ser o principal fator para a alteração brusca de temperatura do aparelho. De acordo com o documento de especificações técnicas da Apple, o iPad pode operar em temperaturas entre 0º e e 35ºC, e passa a ser inoperante em condições de -20º até 45ºC. 

É possível que a causa desse comportamento sejam os novos componentes do tablet: uma bateria maior, um processador mais rápido e maior e uma tela de altíssima resolução podem contribuir para o aumento de temperatura. A Apple foi contatada, porém ainda não comentou o assunto. 

Para saber mais sobre o novo iPad, confira nosso review completo e exclusivo sobre o tablet da Apple, que ainda não tem previsão de chegar ao Brasil.

ipadsuperaquecimento01.jpg 

Aviso tem frustrado usuários que compraram seus tablets no fim da semana passada

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail