Home > Notícias

Usuários sofrendo com defeito do Galaxy S3 devem brigar na justiça, diz ProTeste

Modelo GT-I9300 da Samsung apresenta travamentos recorrentes e inesperados. A fabricante não solucionou o caso.

Da Redação

05/11/2013 às 13h47

Foto:

A Proteste Associação de Consumidores anunciou nessa terça-feira (5) que está orientando usuários de smartphones Samsung Galaxy S3 (Modelo GT-I9300) com um defeito que causa travamentos constantes e recorrentes a entrarem em contato com o órgão para intermediar o caso junto à Samsung. De acordo com a entidade, mais de mil consumidores foram afetados pelo problema e a empresa não solucionou o caso mesmo após ser notificada. Também não houve resposta ao ofício enviado no último dia 14 ao Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça, pedindo providências. 

Caso o usuário não tenha o problema sanado dentro de 10 dias, a Proteste fornecerá um modelo de petição para dar entrada no Juizado Especial Cível, mesmo que o aparelho esteja fora da garantia. Na ação é possível pleitear um novo aparelho, ou o dinheiro de volta e uma indenização de até 20 salários mínimos. 

Mais informações sobre o problema podem ser obtidas no site: www.galaxys3travando.com.br.

O caso

Aparentemente o problema é causado por um defeito em um chip de memória (eMMC) localizado na placa-mãe do aparelho, o que exigirá sua substituição. O problema maior é que relatos dos consumidores afetados mostram que os equipamentos vão e voltam da assistência técnica com o mesmo defeito. 

Em contato com o SAC da empresa, os consumidores são orientados a “resetar” o aparelho e reiniciar, mas o problema permanece.

Por se tratar de algo coletivo, foi solicitado à Samsung que chamasse todos os consumidores afetados pelo defeito de travamento para correção, com a substituição da placa mãe do celular, a troca do aparelho ou o ressarcimento dos valores desembolsados, como garante o artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

A Proteste pediu à empresa melhoria no projeto e fabricação do modelo de smartphone, já que os relatos apontam problema semelhante em vários países.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail