Home > Dicas

Utilitário gratuito ajuda identificar componentes instalados no PC

Elé é útil para quem precisa atualizar um driver da placa-mãe ou placa de vídeo e quer saber o modelo correto do componente.

Rick Broida, da PC WORLD/EUA

08/12/2009 às 15h18

software-150.jpg
Foto:

software-150.jpgMesmo tendo uma boa base de dados de hardware, o Windows 7 pode não reconhecer algum componente do PC onde está instalado, e caso a versão do sistema operacional instalada seja anterior, a situação pode piorar.

Quando isso acontece, o Windows pode não reconhecer e tornar imposssível a instalação, por exemplo, do driver da placa de vídeo. Os driver são pequenos componentes de software responsáveis pela comunicação entre o determinado dispositivo de hardware, o restante do sistema e o próprio Windows.

Quando um problema desse tipo ocorre, o resultado pode ser uma tela desfocada, com resolução errada que não pode ser corrigida pelas propriedades de vídeo dentro do Windows. A solução se dá em identificar corretamente qual o chip gráfico instalado e buscar na web pelo driver correspondente, que deve ser baixado e instalado no sistema.

Leia também: 
>> Dez downloads essenciais para quem já tem o Windows 7
>> Como migrar para o Windows 7
>> Cuidados a tomar quando for substituir a placa-mãe
>> Quando, como e porque atualizar o firmware do seu PC
>> Como lidar com a limitação de memória da placa gráfica

A dificuldade, neste caso, está em saber, exatamente qual o componente de hardware instalado e nem sempre isso é facil ou a informação disponível está incompleta. Uma situação como está pode ser contornada utilizando aplicativos que fazem inventário de hardware.

Recomendamos o freeware CPU-Z. Com apenas 700 KB, este utilitário nem requer instalação: basta baixar, descompactar e rodar o programa. Ah! E ele por ser um freeware, é gratuito.

cpuz_350.jpg

As abas que compõem a caixa de diálogo informam o tipo de processador, detalhes da placa-mãe, dos pentes de memória e a identificação do chip gráfico.

As informações que o aplicativo coleta, como detalhes da memória por exemplo, podem ser usadas para quem deseja fazer um upgrade no computador e não sabe que tipo de componentes adquirir.

O CPU-Z revela a tecnologia, a velocidade e, na aba SPD, é possível ver quais slots estão ocupados, possibilitando saber se há espaço para uma atualização.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail