Home > Dicas

Saiba se vale a pena comprar um iPhone 3GS nos EUA para usar no Brasil

Apesar de sair bem mais barato que o aparelho oferecido atualmente no País, o novo smartphone custa bem mais que 199 dólares. Confira os custos associados à aquisição no exterior

Jonathan Alcalá, especial para a Macworld

04/08/2009 às 17h50

Foto:

O iPhone 3GS ainda não foi lançado no Brasil, mas algumas pessoas já usam o aparelho no País. Para isso, elas toparam pagar os preços absurdos de algumas lojas online (que chegam a cobrar 3.500 reais!) ou trouxeram o aparelho de uma viagem ao exterior. Atendendo a sugestões de leitores, Macworld Brasil fez um levantamento para saber se comprar o aparelho nos Estados Unidos (um dos destinos mais visitados pelos brasileiros em viagens ao exterior) vale a pena.

No lançamento do iPhone 3GS, em junho deste ano, a Apple divulgou os valores pelos quais os aparelhos seriam vendidos nos Estados Unidos. A versão de 16 GB custa 199 dólares e a de 32 GB, 299 dólares, o que leva algumas pessoas a quererem trazer um aparelho do exterior em uma viagem a trabalho ou passeio, por exemplo.  Acontece que a realidade é um pouco diferente, e os valores não são tão baixos assim.

A operadora norte-americana AT&T é a única que tem o direito de vender o 3GS nos Estados Unidos, pois tem um acordo com a Apple, pelo menos por enquanto.  Os preços anunciados pela empresa só valerão caso o comprador assine um contrato de fidelidade para permanecer com a operadora no período de no mínimo dois anos - o que não interessa para quem vai usar o aparelho em outro país. Nesse caso, quem compra o smartphone sem contrato paga 400 dólares a mais.

iphone3gs300

iPhone 3GS: ao preço anunciado no exterior é preciso somar multa, imposto, taxa de desbloqueio...

Todo cidadão brasileiro que viaja para os Estados Unidos tem direito de trazer até 500 dólares de produtos eletrônicos sem pagar taxa de importação, no entanto, o iPhone 3GS com 16 GB de memória, sem contrato de fidelidade, custa 599 dólares e o modelo de 32 GB sai por 699 dólares.

A Receita Federal cobra uma taxa de 50% sobre o valor excedente ao limite de 500 dólares estabelecido. O resultado disso? Se você trouxer na bagagem somente um iPhone, o imposto cobrado será de 50 dólares para a versão de 16 GB e 100 dólares para a de 32 GB. Na compra do segundo aparelho, o tributo será de 300 e 350 dólares. E muita gente simplesmente não declara o que ultrapassa a cota e tenta a sorte. Se a pessoa não for escolhida para abrir a mala, pode escapar da cobrança. Mas, se for, o imposto sobe para 100%.

Quando o aparelho chegar ao Brasil, ele não estará funcionando porque a AT&T vende celulares bloqueados. Se você não quiser arriscar desbloquear o iPhone com tutoriais na internet, o custo para desbloqueio no país varia entre 190 e 300 reais.

Fazendo todos os cálculos, o iPhone importado dos Estados Unidos até o momento custaria por volta de 1.450 reais para o modelo de 16 GB e 1.800 reais para o de 32 GB com o dólar cotato a 1,90 real (e declarando o excedente da cota ao entrar ao Brasil). Ou seja, o aparelho sai caro. Isso sem contar com as despesas de viagem e hospedagem no país, claro. Vale lembrar que aparelhos desbloqueados perdem a garantia de um ano da Apple contada a partir da data de compra na loja.

Bom, mas quanto custará o novo iPhone no Brasil, quando for lançado (ainda este mês) pelas operadoras? O valor ainda não foi definido, mas se levarmos em consideração o valor atual do modelo 3G (que caiu de preço nos EUA com a chegada do 3GS, fato que também deve acontecer no Brasil), o novo aparelho pode ficar na faixa entre 1.500 e 2.000 reais.

Mas vale lembrar que as operadoras fazem promoções que geram preços baixos para a compra do aparelho, mas atrelam o consumidor a um contrato de longa duração, com tarifas mensais altas. Na Claro, por exemplo, um iPhone 3G de 8 GB, custa a partir de 351 reais, mas exige que o consumidor adquira o plano de 2 mil minutos (valor não fornecido no site da empresa). Já o iPhone 3G de 16 GB com um plano de menos minutos está cotado nessa operadora a 1.759 reais, no plano de 200 minutos (92 reais por mês).

Conselho de compra de Macworld Brasil

Como o lançamento do iPhone 3GS deve acontecer nos próximos dias, diante dos custos associados à compra no exterior, vale a pena esperar para saber quanto ele custará no Brasil. E quando ele estiver disponível, confira com sua operadora se você tem pontos por ser um usuário de longa data ou pelo gasto mensal. Isso pode ajudá-lo a ter um bom desconto na hora de adquirir o iPhone 3GS.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail