Home > Dicas

Veja como editar planilhas do Excel no iPad

Apesar de a ferramenta do Office não possuir um aplicativo oficial, há outras opções para quem precisa trabalhar com tabelas no tablet da Apple

Macworld/EUA

24/05/2011 às 18h22

Foto:

Com o "ecossistema" do iPad amadurecendo e se expandindo, está cada vez mais fácil deixar o notebook em casa e utilizar o tablet na hora de executar a maioria das tarefas no trabalho. Se é preciso apenas visualizar arquivos do Excel, por exemplo, não é preciso nenhum software adicional, já que o iOS oferece suporte nativo para exibição de arquivos .xls e xlsx. Apesar disso, não há uma versão do programa da Microsoft para o
dispositivo da Apple, o que torna necessária a ajuda de outros apps para adicionar
algumas funcionalidades.

Transferência de arquivos
Se a intenção for criar ou editar uma planilha no iPad e, ao final, movê-la novamente para o Mac (ou PC), é preciso lutar contra as opções estranhas de transferência de arquivos do tablet. Alguns apps permitem ao usuário copiar o documento para um iPad ou a partir de um dispositivo através do iTunes, no entanto isso requer uma conexão com fio, que nem sempre é conveniente. Enviar como anexo via e-mail é sem fio.

Uma alternativa é utilizar apps de transferência de arquivo como o MobileMe iDisk, Dropbox ou SugarSync para copiar as planilhas para a nuvem e, depois disso, tocar no botão Open In para enviar o item para outro aplicativo que possa editar o conteúdo. Porém, ao final, a maioria dos apps que podem editar planilhas tem mecanismos integrados para acessar o Dropbox, tornando o serviço de armazenagem online um ótimo lugar para guardar arquivos que precisam ser alterados com frequência.

Outro serviço baseado na nuvem é o Soonr, que oferece armazenamento online, compartilhamento de arquivos e sincronização com desktop (ele, no entanto, é pago: são 8 dólares por mês para 10 GB de espaço e compartilhamento com até três pessoas). A companhia recentemente anunciou uma nova ferramenta: o aplicativo gratuito do Soonr permite ao usuário editar nativamente arquivos do Microsoft Office, incluindo planilhas do Excel.

Escolhendo um editor de planilhas
Infelizmente, nenhum dos aplicativos que editam arquivos do Excel no iPad suportam todas as ferramentas do Excel ou do Numbers do Mac OS X (ou mesmo a versão para tablet dessa última aplicação). No mínimo, o usuário pode esperar alguma perda de formatação (como fontes que não estejam disponíveis no iPad) ao importar certos arquivos. Se você utiliza apenas fórmulas comuns, toda a matemática deve continuar funcionando. Porém, dependendo do aplicativo escolhido, tabelas, gráficos e outros recursos avançados podem não sobreviver.

No pior dos casos (a não ser que se trate do Quickoffice Connect Mobile Suite e do Documents To Go, como é explicado mais abaixo), o usuário pode editar uma planilha no iPad e, ao reabrir no Mac, ter a infelicidade de não encontrar itens gráficos após a importação. Sendo assim, caso seja essencial que todos os elementos finais sobrevivam durante a viagem, certifique-se de que o aplicativo utilizado torna isso possível.

Deixando as dificuldade de lado, separamos os melhores aplicativos para editar planilhas no iPad.

Numbers
O aplicativo de produtividade da Apple (10 dólares) pode importar documentos do Excel ou seu irmão homônimo para os formatos do Mac e oferece uma grande variedade de recursos de qualquer aplicativo de iPad, incluindo formulários e tabelas em 2D.

Mas o app não pode simplesmente abrir um arquivo existente e salvá-lo; as novas planilhas precisam ser importadas, assim como as que foram modificadas precisam ser exportadas (e transferidas para outro local). Um serviço chamado DropDAV deixa esse processo mais simples, ao permitir que o Numbers se conecte ao Dropbox, entretanto, isso sai por 5 dólares mensais. 

 

excelipad01.jpg

No Numbers, o teclado em tamanho real facilita na hora de inserir os dados

Quickoffice Connect Mobile Suite e Documents To Go
Estes dois apps compartilham de um recurso: diferentemente do Numbers, esta dupla pode abrir, editar e salvar uma planilha do Excel sem corromper nenhum dado ou formatação, mesmo que eles não consigam exibir ou editar toda a informação existente. Isso pode ser uma capacidade crucial para pessoas que trabalham com planilhas em diversas plataformas, especialmente se estas foram criadas por outros usuários.

O aplicativo da QuickOffice (10 dólares) possui uma interface touch amigável, graças ao tamanho grande da fonte padrão e comando que facilitam na hora de selecionar várias células, e mudar essa seleção a qualquer momento. O Documents To Go, aplicativo da DataViz, utiliza uma fonte padrão menor em um layout mais eficiente, no qual cabe mais informações na tela.

Mas não é possível modificar o campo de seleção sem que seja preciso começar novamente. Por exemplo, o usuário pode tocar duas vezes na tela e arrastar para selecionar várias células. Contudo, essa extensão não pode ser alterada sem que o toque duplo seja feito outra vez. Ainda assim, ambos são editores bem robustos e muito capazes.

Sheet2 HD e Office2 HD, aplicativos de 6  e 8, dólares respectivamente, são pacotes que incluem capacidades de edição de planilhas (além de arquivos do Excel, o Office2 HD possui suporte para arquivos do Word e do PowerPoint). Esses dois apps apresentam a maioria (mas não todas) das ferramentas de um documento original do Excel  ao salvar o arquivo. Gráficos, todavia, ficam de fora.

O Mariner Calc (6 dólares) possui um grande leque de funções básicas para planilhas. Ele é capaz de ler e criar arquivos do Excel (.xls, mas não xlsx), porém carece de gráficos e formulários. Transferir documentos do Mac ou para ele requer que o usuário faça uso do servidor web sem fio integrado do aplicativo.

Google Spreadsheets
Componente de planilhas do Google Docs, ele é capaz de importar e exportar aquivos do Excel (com certa perda de formatação e outros recursos). No entanto, utilizar a aplicação web no Safari do iPad é insatisfatório: por padrão, as planilhas abrem na lista de visualizações, a qual permite ao usuário alterar valores, adicionar linhas ou mudar a ordem de classificação, mas não deixa o usuário adicionar ou reordenar as colunas, editar fórmulas ou estilos, ou mesmo inserir elementos gráficos. 

excelipad02.jpg

excelipad02.jpg\

O Marinac é um exemplo de app com capacidades de edição básicas

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail