Home > Notícias

Veja como o iOS 8 mudará a forma como você irá tirar e organizar fotos

Sistema trará novos recursos para capturar, editar e armazenar imagens. Conheça já algumas das principais novidades.

Serenity Caldwell, Macworld EUA

05/06/2014 às 17h30

iOS8Fotos_Abre-520px.jpg
Foto:

A palestra de abertura da WWDC na segunda-feira me deixou empolgada de várias formas, mas a cereja no bolo foram os planos da Apple para lidar com imagens e vídeo no iOS; A partir de setembro o limite de 1000 imagens para sincronização com o iCloud deixará de existir, substituído pela iCloud Photo Library (algo como Biblioteca de Fotos do iCloud). É uma grande mudança para a empresa e para os usuários. Então, antes que estes comecem a entrar em pânico, vamos explicar o que muda no iOS 8, e o que continua o mesmo.spo

“Ei iCloud! Três para subir”.

Atualmente a Apple permite que os usuários armazenem no máximo 1000 imagens em uma “Photo Stream”. Após isto, as fotos mais antigas são apagadas, o que na prática te dá um álbum dinâmico com as 1000 fotos mais recentes. Você pode enviar imagens a partir de seu iPhone, iPad ou Mac, e até baixá-las para seu computador, mas nunca poderá armazenar mais do que 1000 imagens. Por um lado o recurso é grátis, então você não precisa arcar com custos de armazenamento, mas por outro não há como pagar para aumentar a capacidade, caso desejado.

O sistema atual da Apple também é complexo. Há o armazenamento interno do smartphone, sincronizado com sua biblioteca do iPhoto, há o Rolo da Câmera e há a Photo Stream. É possível apagar imagens dos dois últimos locais, mas não do primeiro.

No iOS 8 tudo isso irá mudar. Você terá duas opções: manter suas fotos armazenadas localmente no smartphone e usar a Photo Stream para sincronizá-las sem fios com outros aparelhos conectados ao iCloud, como no passado, ou usar a iCloud Photo Library.

iOS8Fotos_CloudSync-580px

Se você habilitar a iCloud Photo Library, quaisquer fotos ou vídeos que você fizer com seu iPhone serão automaticamente importados para o iCloud, onde serão armazenados na resolução e formato (JPEG, PNG, RAW, etc) originais. Todas essas imagens poderão ser vistas em qualquer dispositivo iOS ou na web. E a partir do início de 2015, você também será capaz de enviar e ver fotos em seu Mac também.

Mas ao contrário da Photo Stream, será necessário pagar pelo espaço usado, embora ele seja muito barato. Os primeiros 5 GB são grátis como parte de sua conta no iCloud, e você poderá adquirir 20 GB de espaço por apenas US$ 1 mensais, ou 200 GB por US$ 4 mensais.

A julgar pelas informações no site da Apple não está claro se o Rolo da Câmera será interligado ao iCloud, mas estou esperando que seja. Desta forma você não mais terá de apagar uma imagem em múltiplos lugares para removê-la de sua coleção na nuvem.

Porque isso é bom? Para começo de conversa ter sua coleção de imagens sincronizada e “backupeada” no iCloud é uma ótima forma de manter suas fotos seguras e facilmente acessíveis. Além disso você poderá economizar uma boa quantidade de espaço baixando apenas as fotos de que precisa, em vez de entulhar seu aparelho com todas as fotos que já tirou.

Encontre minhas férias

Ter todas estas imagens à mão pode deixá-lo preocupado em nunca mais encontrar nada. Mas a Apple está um passo à frente, e implementou um recurso de busca inteligente e uma seção de favoritos. O campo de busca irá inicialmente mostrar uma coleção de fotos tiradas nas proximidades de onde você está, aquelas feitas na mesma época um ano atrás (dando conta do fator nostalgia) e suas favoritas. Mas você também poderá fazer uma busca por data, hora, localização ou nome do álbum.

iOS8Fotos_Search-580px

A iCloud Photo Library também introduz o conceito de favoritos. Sob cada imagem há o ícone de um coração. Toque nele para adicionar a imagem ao álbum Favoritas. Este álbum poderá ser acessado em qualquer aparelho com o iOS 8 (e em 2015, em seu Mac) e quaisquer modificações nas imagens serão automaticamente sincronizadas.

Os álbums inteligentes também serão usados no novo serviço. O Rolo da Câmera parece ter desaparecido, substituído por um álbum chamado Recently Added (Adicionadas Recentemente), que presumivelmente coleta as imagens que foram recentemente capturadas ou adicionadas ao seu dispositivo. Ele se junta aos álbuns específicos por app ou conteúdo na página Albuns do aplicativo Fotos, junto com o álbum Favoritas. Infelizmente, a julgar pelo que foi mostrado pela Apple, parece não haver uma forma de criar álbuns inteligentes, nem uma indicação de que haverá um álbum para os screenshots.

Febre de edição

No iOS 7 o app Fotos tem alguns filtros e ferramentas básicas para edição de imagens, mas se quiser algo mais sofisticado você terá de baixar o iPhoto. No iOS 8 partes do iPhoto serão integradas ao app Fotos, oferecendo todo o tipo de recursos avançados de edição.

Será possível recortar e endireitar imagens, remover olhos vermelhos, ajustas a luz e o contraste e mais. Todas estas mudanças serão sincronizadas entre seus vários dispositivos e aparecerão em sua biblioteca imediatamente. Elas também são não-destrutivas, e podem ser revertidas sempre que você quiser.

iOS8Fotos_Editar-580px

Além disso, novas opções para os desenvolvedores significam que seus apps favoritos poderão oferecer novos filtros e ajustes que poderão ser usados de dentro do app Fotos clicando no botão Compartilhar. Você adora os filtros de apps como Waterlogue ou VSCO Cam? Logo poderá usá-los sem sequer precisar abrir estes apps.

Uma câmera aprimorada

Embora a Apple não tenha falado muito no palco sob o app de câmera do iOS 8 durante a palestra da segunda-feira, houve alguns destaques aqui e ali e no site da Apple após o evento.

Vídeo em Time-Lapse: o iOS 8 adiciona um novo modo para gravação de vídeo, o Time-Lapse. Aponte seu smartphone para uma cena e aperte o botão de gravar. O app irá fazer fotos em um intervalo pré-determinado e criar um vídeo com o resultado, sem a necessidade de edição manual.

Controle manual de foco e exposição: não só os desenvolvedores terão acesso a controles manuais da câmera, como foco e exposição, para uso em seus apps e extensões, mas em breve você também será capaz de controlar estes parâmetros de forma independente na hora de fotografar. Atualmente isso só é possível com apps de terceiros, como o Camera+.

iOS8Fotos_Albums-580px

Timer na câmera traseira: os Selfies, geralmente feitos com a câmera frontal, estão na moda, mas às vezes você precisa de um pouco mais de qualidade e controle em suas imagens. Com o iOS 8 os fãs das Selfies poderão usar um timer ao fotografar com a câmera traseira. Se o recurso for similar ao encontrado em apps de terceiros, provavelmente terá várias opções de atraso no disparo, até 10 ou 15 segundos.

Captura sequencial (Burst) em aparelhos mais antigos: o iPhone 5S tem um modo que permite capturar uma rápida sequência de fotos, basta que o usuário segure o botão da câmera, o que resulta em até 10 fotos por segundo. Outros modelos, como o iPhone 5/5c tem uma versão muito mais lenta deste recurso, que faz cerca de uma foto por segundo. Mas no iOS 8, otimizações no sistema de imagem irão permitir aos usuários um modo de captura mais rápido.

Fotos panorâmicas no iPad: somos capazes de fazer fotos panorâmicas com o iPhone desde o iOS 6, mas o iPad sempre ficou de fora. Parece que o iOS 8 irá mudar isto, embora seja meio estranho registrar uma paisagem com uma tela de 9.7 polegadas nas mãos.

O que não muda

Apesar de todas as novidades e mudanças por debaixo dos panos, ainda há muita coisa familiar nos apps Fotos e Camera no iOS 8.

O Fotos manteve basicamente a mesma estrutura e organização que no iOS 7, com sua coleção dividida em momentos, coleções e anos, além de álbuns. As Shared Streams, recurso que permite compartilhar um álbum ou coleção de fotos com outros usuários, também continuam firmes e fortes.

iOS8Fotos_Collections-580px

E o app da Câmera mantém o mesmo visual e comportamento do iOS 7. Mas a partir de setembro, você terá algumas ferramentas extras à disposição na hora de registrar seus momentos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail